Saúde

Cancro: Especialistas prevêem menos mortes na UE

Baseando-se em cálculos feitos a partir das taxas de incidência de cancro na União Europeia (UE), entre 1970 e 2007, especialistas na área da oncologia prevêem uma baixa no número de casos mortais da doença este ano.
Versão para impressão
[Fotografia: © Science Photo Library]

Baseando-se em cálculos feitos a partir das taxas de incidência de cancro na União Europeia (UE), entre 1970 e 2007, especialistas na área da oncologia prevêem uma baixa no número de casos mortais da doença este ano.

O estudo publicado no jornal britânico Annals of Oncology indica que a taxa de mortalidade irá baixar 7%  entre os homens e 6% entre as mulheres. Ainda assim, os especialistas estimam que o cancro vitime perto de 1,3 milhões de pessoas na UE, em 2011.

A conclusão resulta da análise dos dados das taxas de incidência de cancro na UE, fornecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os professores Carlo La Vecchia, da Universidade de Milão, e Fabio Levi, da Universidade de Lausanne prevêem que ocorrerão 1.281.436 mortes por cancro na UE em 2011, um número consideravelmente inferior ao registado em 2007 (1.808.130 mortes)

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub