Sociedade

Câmara de Lisboa reduz frota automóvel

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, anunciou esta quarta feira que a autarquia vai reduzir a sua frota em 61 viaturas, passando a estar disponível um "taxi-voucher" para os funcionários que se desloquem dentro da cidade e veículos elétri
Versão para impressão
[Fotografia: © José Goulão]

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, anunciou esta quarta feira que a autarquia vai reduzir a sua frota em 61 viaturas, passando a estar disponível um “taxi-voucher” para os funcionários que se desloquem dentro da cidade e veículos elétricos para todos os vereadores.

A iniciativa foi anunciada no âmbito da apresentação da estratégia de mobilidade elétrica da capital. Segundo António Costa, há quatro anos a autarquia contava com 586 viaturas ligeiras, agora reduzidas para 270.

“Vamos reduzir em mais 61 veículos e diminuímos o número de pessoas com direito à viatura”, anunciou o autarca, citado pela agência Lusa, acrescentando que os funcionários, que se deslocam dentro da cidade, vão passar a utilizar um “táxi-voucher”, um serviço pré-pago.

Estas alterações possibilitam poupanças nos custos das viaturas, consumos, motoristas e manutenção. A frota será ainda requalificada para energia elétrica e em 2013, 80% dos veículos de recolha de lixo serão movidos a gás natural.

O próprio presidente da Câmara afirmou que utiliza, há três semanas, uma viatura elétrica, assim como o vice-presidente da autarquia e a vereadora das Finanças. Todos os 17 vereadores da câmara também vão passar a deslocar-se neste tipo de viaturas, que serão adquiridas através da central de compras do Estado.

[Notícia sugerida pela utilizadora Patrícia André]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub