Em Destaque Negócios e Empreendorismo

Câmara de Castelo Branco inaugura novo Museu dos Têxteis

A antiga buzina industrial voltou a tocar
Versão para impressão
por redação

A Câmara Municipal de Castelo Branco, inaugurou um novo Museu Têxtil, num projeto único e inovador de reabilitação e recuperação da antiga Fábrica da Corga, assim como, de toda a sua maquinaria, na freguesia de Cebolais de Cima.

Num investimento de cerca de 800 mil euros este projeto, realizado numa freguesia, pretende valorizar a memória da indústria dos têxteis e potenciar o turismo, reabilitando o espaço e as máquinas originais, para o transformar num “museu vivo” dos lanifícios, onde vai ser possível recuperar toda a história da fiação e tecelagem de lãs desenvolvida em Cebolais de Cima e no Retaxo.

Em 2014, a Câmara Municipal de Castelo Branco adquiriu a antiga fábrica para fazer dela um museu. Agora, com o espaço reabilitado e as antigas máquinas a funcionarem vai ser possível, observar e perceber todo o processo de produção dos lanifícios, ou seja, a transformação da lã em tecido.

Naquelas aldeias já se ouve a antiga buzina industrial, que durante anos marcou e acompanhou a vida dos habitantes da União de Freguesias de Cebolais de Cima e Retaxo.

A indústria têxtil, no concelho de Castelo Branco chegou a ter envergadura nacional, existindo mais de oito dezenas de fábricas do setor têxtil, sendo em determinada altura, responsável pela produção de 14 por cento da lã do país.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório