Saúde

Beber água melhora o desempenho do cérebro

Beber um copo de água pode ser o suficiente para melhorar o desempenho do cérebro, pelo menos em determinados tipos de testes. A conclusão é de um pequeno estudo desenvolvido por investigadores da Universidade de East London, em Inglaterra.
Versão para impressão
Beber um copo de água pode ser o suficiente para melhorar o desempenho do cérebro, pelo menos em determinados tipos de testes. A conclusão é de um pequeno estudo desenvolvido por investigadores da Universidade de East London, em Inglaterra, que revela que a ingestão deste líquido aumenta a velocidade de reação dos indivíduos.
 
O estudo em causa, conduzido por Caroline Edmonds, da faculdade de Psicologia daquela universidade, que contou também com a participação de investigadores da Universidade de Westminster, envolveu a realização de uma série de tarefas mentais depois de uma noite inteira sem ingestão de líquidos por parte de 34 voluntários.
 
Antes do início dos testes, todos os participantes comeram uma barra de cereais e parte deles bebeu também um copo de água. “O tempo de reação pareceu ser mais afetado pela ingestão ou não de água, em especial se as pessoas tinham sede”, explica Edmonds, em comunicado, apresentando uma possível justificação para este resultado.
 
“[A melhoria de desempenho por parte de quem bebeu água] pode ter a ver com o facto de, quando temos sede, essa sensação nos distrair das tarefas que estamos a desempenhar. Esta conclusão pode ser importante para pessoas que estejam em situações onde realmente necessitam de concentração”, esclarece Edmonds. 
 
Segundo a investigadora, “há também teorias hormonais sobre a forma como a desidratação afeta o cérebro e é possível que a água ajude a corrigir um certo desequilíbrio. Cerca de 80% do nosso cérebro é constituído por água, por isso é importante assegurar que recebe a quantidade necessária deste líquido”, conclui. 
 
De realçar que, no início deste ano, a equipa de Caroline Edmonds tinha já descoberto que levar uma garrafa de água para os exames pode ajudar os estudantes a melhorar as notas, aumentando a atenção e a memória. 
 
O próximo passo dos investigadores será compreender se a temperatura da água também influencia os benefícios da sua ingestão ao nível do desempenho cerebral. 

Clique AQUI para aceder ao resumo do estudo publicado na revista científica Frontiers in Human Neuroscience (em inglês).

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub