Mundo

Banco Mundial ajuda Haiti e Brasil

O Banco Mundial anunciou esta semana ter efetuado uma doação de 15 milhões de dólares para ajudar a lutar o Haiti a lutar contra a epidemia de cólera e uma outra doação ao Brasil no valor de 485 milhões de dólares para ajudar a reconstruir e a preven
Versão para impressão
[Fotografia: AFP]
O Banco Mundial anunciou esta semana ter efetuado uma doação de 15 milhões de dólares para ajudar a lutar o Haiti a lutar contra a epidemia de cólera e uma outra doação ao Brasil no valor de 485 milhões de dólares para ajudar a reconstruir e a prevenir mais desastres como o provocado pelas cheias deste mês que vitimaram mais de 700 pessoas.

“Esperamos que a primeira tranche do empréstimo [ao Brasil] , no valor de 290 milhões de dólares seja aprovado nas próximas semanas”, confirmou à AFP o diretor do Banco do Brasil, Makhtar Diop.

O anúncio surgiu depois de a nova presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e outros membros do governo brasileiro se terem reunido com o vice-presidente do Banco Mundial para a Redução da Pobreza, Otaviano Canuto.

No Haiti espera-se que esta soma agora atribuída ajude “a melhorar os meios médicos do país para reagir à doença, aumentando ao mesmo tempo a sua capacidade de supervisionar e impedir tais epidemias”, indicou em comunicado o Banco Mundial.

“O Haiti necessita de toda a ajuda que possa obter para responder à epidemia mortífera de cólera que devasta certas regiões do país”, declarou o ministro das Finanças haitiana, Ronald Baudin.

A instituição citou estimativas das Nações Unidas segundo as quais 3.000 haitianos morreram, entre os quase 140.000 casos contabilizados.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub