Sociedade

Bacalhoeiro português leva jovens num treino de mar

NULL
Versão para impressão
Durante três dias, 52 jovens (e também alguns adultos) vivem como autênticos marinheiros a bordo do Creoula, um antigo bacalhoeiro português. A iniciativa, que termina amanhã, foi promovida no âmbito do programa “Jovens e o Mar” e conta com a dinamização da Aporvela – Associação Portuguesa de Treino de Vela.

Esta não é a primeira vez que o Creoula, preservado pela Marinha Portuguesa, efetua estas viagens. Todos os anos a Aporvela organiza estes passeios que têm por objetivo “reaproximar os portugueses do mar”, explicou ao Boas Notícias fonte da Associação.

No entanto, nos últimos anos a iniciativa não se tinha realizado. “Já há algum tempo que não se fazia, e voltámos a requisitar o navio este ano”, disse ao Boas Notícias.

A viagem iniciou-se no sábado e conta com a participação de 52 pessoas. Apesar de a maioria ser jovens entre os 15 e os 25 anos, embarcaram também pessoas mais velhas. Chamar a atenção dos jovens é um dos pontos base deste projeto. “É importante fomentar o gosto dos jovens pelo mar”, informou a Aporvela.

“Querem sempre voltar”

Na viagem que se realiza entre 3 e 6 de setembro vão estar ainda 40 militares a bordo responsáveis por ensinar as crianças a fazer nós e a ver cartas náuticas, estar ao leme e preparar as refeições.

Os jovens inicialmente mostram-se apreensivos, explicou fonte da Aporvela ao Boas Notícias: “Vêm a medo, sem saber o que esperar. A maioria das pessoas nunca tinha posto um pé num barco. Mas depois, querem sempre voltar”.

O projeto é financiado por patrocínios, mas os jovens também pagam a sua entrada no veleiro. Para aqueles que não possuem meios financeiros, a Aporvela disponibiliza alguns lugares para jovens de instituições. Os apoios que conseguem são também repartidos de forma a baixar o preço dos bilhetes.

O antigo bacalhoeiro foi reestruturado pela Aporvel

A escolha pelo Creoula – um navio contruiído em 1937 – prende-se sobretudo com as condições oferecidas pelo antigo bacalhoeiro que consegue levar a bordo mais de 50 visitantes.

A Associação Portuguesa de Treino e Vela converteu o Creoula num veleiro para treinos de mar e utiliza-o regularmente devido à sua estrutura.”O Creoula é um lugre de quatro mastros e 67 metros de comprimento com capacidade para 51 instruendos, para além da guarnição, responsável pelas manobras e pela segurança do navio”, informam no site.

O Creoula saiu do Alfeite (Almada) no sábado e regressa esta terça-feira, depois de ter passado por Sesimbra e Tróia.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório