Negócios e Empreendorismo

Arquitetura: Jovens portugueses criam portal inovador

Chama-se ArchReady e é um portal inovador 100% português com o propósito de tornar a arquitetura mais acessível. Criada por um grupo de jovens empreendedores nacionais, a plataforma propõe-se ser ponto de encontro entre clientes e profissionais.
Versão para impressão
Chama-se ArchReady e é um portal inovador 100% português com o propósito de tornar a arquitetura mais acessível. Criada por um grupo de jovens empreendedores nacionais, a plataforma propõe-se ser um ponto de encontro entre clientes e profissionais nas áreas ligadas à arquitetura e construção. 
 
Foi da necessidade de quebrar a barreira entre arquitetos e clientes que surgiu a ideia que impulsionou a criação do ArchReady. “O ArchReady é único pela transversalidade da comunicação entre arquitetos, profissionais e clientes”, explica o diretor executivo do projeto, André Tamm Correia, em comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
Além disso, acrescenta o responsável, o ArchReady é único por ser “o primeiro portal onde os arquitetos portugueses podem divulgar e vender os seus projetos para qualquer parte do mundo, e pela interatividade e democratização na relação com o cliente”. 
 
Trata-se, portanto, de um espaço onde os arquitetos portugueses podem dar a conhecer, gratuitamente, os seus produtos e que, ao mesmo tempo, fornece conteúdos didáticos e dá a consumidores e profissionais a possibilidade de avaliação e recomendação de produtos e serviços por outros profissionais e consumidores. 
 
“Um cliente pode consultar diversos projetos, fazer uma pesquisa por área ou tipologia, ver as plantas e as imagens, saber quanto custa e o que está incluído antes de comprar um determinado projeto”, exemplifica André Tamm Correia. Por outro lado, um arquiteto pode “expor o seu portfolio de uma forma verdadeiramente democrática, pois será o público que irá decidir quais os projectos de que gosta”.
 
Segundo o diretor executivo do ArchReady, disponível em português e inglês, “a atual crise tornou mais evidente que algo tem de mudar como a arquitetura é divulgada”. Os mentores desta plataforma querem, portanto, “divulgar as diversas valências da arquitetura e o modo como esta pode contribuir para mudar a vida das pessoas”. 

Balanço inicial do projeto é “muito positivo”
 

O desenvolvimento do projeto levou cerca de dois anos e, embora tenha sido lançado recentemente, André Tamm Correia garante que o saldo deste “curto período de tempo” é “muito positivo”, não só “pelo número de visitas ao site como pelo sucesso da página de Facebook”. 
 
Por enquanto, a plataforma é, sobretudo, procurada por profissionais, apesar de também ter “uma boa aceitação por parte do público, principalmente via Facebook”.

“As reações da parte de arquitetos têm sido bastante positivas”, em especial “entre aqueles mais experientes e com uma carreira construída, o que não deixa de ser muito curioso”, aponta o responsável. “Alguns destes arquitetos estão inclusivamente a preparar alguns projetos que pretendem vender online através deste portal”, desvenda.

 
De acordo com André Tamm Correia, o crescimento do portal passará por “um trabalho contínuo que tem de ser feito a nível de melhoramento e aumento das capacidades do ArchReady”, sendo que o tempo será um fator fundamental. “Temos uma lista enorme de novas ideias a implementar, mas precisamos de tempo para as poder colocar em prática”, conclui.
 
Clique AQUI para conhecer o portal ArchReady. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub