Sociedade

Amigas correspondentes encontram-se após 74 anos

Duas amigas correspondentes por carta, encontraram-se esta quarta-feira pela primeira vez no Aeroporto Internacional de Corpus Christi no Texas, ao fim de 74 anos.
Versão para impressão
Duas amigas correspondentes por carta, encontraram-se esta quarta-feira pela primeira vez no Aeroporto Internacional de Corpus Christi no Texas, ao fim de 74 anos.
 
Norma “Kitty” Frati, de 87 anos, é natural do Texas e tinha apenas 13 quando se tornou amiga por correspondência de Audrey Sims, da Austrália, hoje com 83 anos.

Tudo começou no âmbito de um projeto para a escola, mas o tempo quis que fosse muito para além disso. As duas mantiveram o contacto ao longo dos anos, trocando experiências de vida através das cartas.

E se, ao início, Frati nem sabia onde ficava a Austrália, hoje afirma que é como se as duas amigas “tivessem famílias paralelas”. 
 
“Ambas casámos e divorciamo-nos, voltámos a casar, tivemos filhos… O nosso percurso foi muito idêntico”, conta Sims, citada pelo jornal britânico The Telegraph. 

“E gostamos as duas de flores…”, acrescenta Frati, para sublinhar a sintonia com a sua amiga correspondente. 

As duas partilharam a experiência dos seus casamentos, as mortes na família, os filhos e netos que viram nascer e até acontecimentos da II Guerra Mundial, quando Frati ajudou a construir aviões para o combate.

Apesar de viverem em extremos opostos do globo, Frati e Sims descobriram que são mais próximas e parecidas do que alguma vez pensaram e sentem-se “felicíssimas” por se encontrarem ao fim de tantos anos.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub