Ambiente

Alto Alentejo: Iluminação pública mais eficiente

NULL
Versão para impressão
No Alto Alentejo está a ser desenvolvido um projeto que quer tornar a iluminação pública mais eficiente encontrando um equilíbrio entre os níveis de iluminação necessários e a economia de energia. Projeto vai permitir poupar 46 mil euros na fatura energética e emitir menos 210 toneladas de CO2 para a atmosfera.

O custo das instalações de iluminação pública (IP) constitui um peso importante nas despesas correntes dos Municípios, verificando-se, nos últimos anos, uma tendência de aumento de custos que acompanha a melhoria dos níveis de iluminação.

Por isso, a Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo e a AREANATejo estão a desenvolver o projeto ILUPub – Melhoria da Eficiência Energética na Iluminação Pública está que passa, entre outras medidas, por fazer um levantamento e análise da facturação naquela região, caracterizando a rede, com o apoio da EDP Distribuição e, posteriormente, reduzindo o consumo, através da instalação de luminárias mais eficientes e de equipamentos de optimização de consumos.

Uma das medidas em curso consiste na instalação de equipamentos com regulação do fluxo luminoso em 24 postos de transformação. Através desta implementação conta-se atingir, anualmente, uma redução do consumo em 1,8%, muito perto da meta de dois por cento imposta no Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética.

Consequentemente, a factura energética anual de iluminação pública será reduzida em 46 mil euros e menos 210 toneladas de CO2 chegarão à atmosfera.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da AREANA Tejo.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório