Espetáculos e Exposições

Al Di Meola mais 65 concertos no Douro Jazz

A banda sonora oficial das vindimas está de regresso com a 7º edição do Douro Jazz que leva ao norte do país músicos de todo o mundo entre 17 de setembro e 16 de outubro. O cabeça-de-cartaz da edição 2010 é o norte-americano AL Di Meola, considera

Versão para impressão
A banda sonora oficial das vindimas está de regresso com a 7º edição do Douro Jazz que leva ao norte do país músicos de todo o mundo entre 17 de setembro e 16 de outubro. O cabeça-de-cartaz da edição 2010 é o norte-americano AL Di Meola, considerado um dos mais influentes guitarristas da atualidade, que encerra o festival.

No total serão mais de 65 atuações espalhadas por Bragança, Chaves, Vila Real, Lamego e São João da Pesqueira. Para além de Al Di Meola o programa conta com o americano Peter Bernstein que se junta ao Santos/Melo Quartet, o uruguaio Tato de Moraes, o inglês Chris Allard que sobe a palco com o trompetista Quentin Collins e o “gipsy jazz” do espanhol Biel Ballester.

O programa dá também destaque às vozes femininas, chamando ao palco Jogo de Damas, Suzie’s Velvet, The Soaked Lamb, Adriana Miki e Daniela Mayan.

O festival conta ainda com The Postcard Brass Band, projeto de Sérgio Carolino (tubista português aclamado um pouco por todo o mundo) que se inspira no conceito das bandas de rua de Nova Orleães. É de destacar também a vinda do multi-instrumentista inglês Sean Khan, com o funk-soul-jazz potenciado pelos seus SK Radicals.

Além dos muitos concertos, o Douro Jazz tem para oferecer a música das formações dixie que levam o jazz às ruas, várias exposições, jazz nas escolas e uma feira de objetos culturais, assim como o lançamento de mais uma colheita de vinho com o nome do festival.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório