Ambiente

Açores: uma tonelada de lixo retirada do mar

Cerca de uma tonelada de pneus, bóias, garrafas de vidro e plástico. Domingo passado, nem a chuva desanimou os estudantes, bombeiros e mergulhadores da polícia marítima que participaram da ação de limpeza subaquática da Marina de Ponta Delgada, notic
Versão para impressão
Cerca de uma tonelada de pneus, bóias, garrafas de vidro e plástico. Domingo passado, nem a chuva desanimou os estudantes, bombeiros e mergulhadores da polícia marítima que participaram da ação de limpeza subaquática da Marina de Ponta Delgada, noticia a agência Lusa.

“Não podemos deitar sacos de plástico para o mar para as tartarugas não se afogarem”, frisou à Lusa a estudante Natacha, de 10 anos, aluna da Escola EB 2,3 Roberto Ivens, da cidade de Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, nos Açores.

A estudante participou pela primeira vez na acção de limpeza subaquática, uma actividade de educação ambiental no âmbito do Programa Bandeira Azul 2010, em parceria com o Clube Naval de Ponta Delgada e Marina local, que decorre pelo terceiro ano consecutivo.

“As pessoas não podem deitar lixo para o mar”, alertou a aluna da escola Roberto Ivens, enquanto ajudava um colega “a salvar” um ouriço, preso num pneu retirado do fundo do mar.

Ao lado, Rodrigo, de 12 anos, colocava uma luva para dar uma ajuda ao “salvamento do ouriço”, mas atarefado a carregar garrafas recolhidas, entre as quais uma de vidro de sumo de laranja: “está intacta”, constatava um participante na ação de limpeza.

Para a professora Pureza Machado, do clube do ambiente da Escola Roberto Ivens, o convite ao estabelecimento de ensino para participar na iniciativa reveste-se da maior “importância para sensibilizar alunos quanto às questões de natureza ambiental”, segundo disse à Lusa.

Junto à marina, a dezena de alunos manifestava-se muito atenta à medida que mergulhadores davam o sinal para puxar uma corda com “mais lixo encontrado”.

Entre os mergulhadores, estavam elementos do grupo operacional da Polícia Marítima, do Clube Naval e elementos dos Bombeiros de Ponta Delgada e Vila Franca, além do exército, de acordo com a organização.

De ano para ano, e segundo os promotores da iniciativa, tem sido encontrado “menos lixo” no fundo do mar da Marina de Ponta Delgada, mas “nunca é demais apelar à consciência ambiental”.

[Notícia sugerida pela utilizadora Elsa Sal]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório