Ambiente

Açores: Carta de Risco geológico até 2011

O Governo Regional dos Açores anunciou uma equipa de trabalho com 14 especialistas em procedimentos de investigação para a elaboração da Carta de Risco do arquipélago em matéria de ordenamento do território. A Carta de Risco Geológico ficará concluíd
Versão para impressão
O Governo Regional dos Açores anunciou uma equipa de trabalho com 14 especialistas em procedimentos de investigação para a elaboração da Carta de Risco do arquipélago em matéria de ordenamento do território. A Carta de Risco Geológico ficará concluída no final de 2011.

A assessoria técnica à elaboração da Carta de Risco será assegurada pelo Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (SIVISA), centrando-se os trabalhos em curso na avaliação de perigos e na delimitação de áreas vulneráveis.

Segundo o Governo Regional, o documento vai inventariar as zonas das várias ilhas em que eventuais movimentos de massa possam pôr em causa a segurança de populações. Serão tidas em conta áreas com historial de instabilidade e deslizamento de terras e outras em que as medidas implementadas para prevenção de risco sejam consideradas inviáveis.

Em resposta a um requerimento parlamentar sobre a iniciativa, o executivo adiantou que o documento se vai basear em informação científica recolhida ao longo de vinte anos de investigação.

Em situações de chuvas intensas ou de crises sísmicas as ilhas açorianas são atingidas com frequência por movimento de massas de grandes dimensões com consequências trágicas como as de 1997 quando morreram 29 pessoas em S. Miguel.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório