Emprego e Poupança

ABC da Poupança: A importância de um orçamento

Exatamente três anos depois do primeiro ABC da Poupança, volto com temas importantes para ajudar a poupar. E qual seria a melhor forma de recomeçar rubricas práticas sobre poupança do que com o tema do 'orçamento'?
Versão para impressão
[Por Ana Bravo, especialista em Economia Doméstica]

Image and video hosting by TinyPic

Exatamente três anos depois do primeiro ABC da Poupança, volto com temas importantes para ajudar a poupar. E qual seria a melhor forma  de recomeçar rubricas práticas sobre poupança do que com o tema do 'orçamento'?
 
O primeiro passo a dar é ir ao “médico“, ou seja, identificar quanto gasta e em quê. Para isso nada melhor que passar uma semana, 15 dias ou um mês a anotar tudo o que lhe sai da carteira ou guardar todos os talões de compras. Melhor ainda combinar as duas medidas! Se optar por fazer durante uma semana ou 15 dias, depois multiplique por 4 ou por 2 para obter os gastos médios mensais.

Este exercício, para além de lhe dar uma posição exacta dos seus gastos, vai trazer-lhe outros benefícios: uma consciência diferente sobre o que gasta, uma visão clara, que permite tomar decisões! Agora munido dos óculos para a MIOPIA FINANCEIRA pode começar a construir o seu orçamento!

 Divida as despesas por grandes rubricas que façam sentido para si e some-as individualmente: Mercearia – 250€; Combustível – 200€; Café e Pastelaria – 140€; Cigarros – 120€; Refeições fora de casa – 150€.

Tome decisões! Há hábitos que podem ser mudados? Há despesas que são desnecessárias? Que aspetos pode melhorar? Como pode fazê-lo? Estabeleça limites para cada rubrica, este será o seu orçamento com os valores que estipula gastar para cada rubrica mensalmente, isto é, o valor disponível mensal do agregado familiar.

Use a sua folha de orçamento regularmente, seja ela qual for: um caderno de anotações, um ficheiro Excel, uma aplicação no telemóvel… Usar é o truque para funcionar! Para ajudar junto, no final deste texto, duas folhas de orçamento (sou uma mãos largas): uma muito simples, para quem está a começar, outra para os “cromos” do orçamento, como eu!
 
Seja equilibrado e lembre-se que o seu orçamento deve sempre contar com o seu lazer (ORÇAMENTO DO PRAZER) assim como para o seu conforto e sua segurança (POUPANÇA)
 
Na próxima rubrica vou explicar melhor o funcionamento das folhas de orçamento, até lá apurem os vossos gastos, tomem decisões, tomem contacto com a vossa folha de orçamento e, sejam ousados, comecem a usá-la!

Clique AQUI para descarregar a folha de orçamento para principiantes.

Clique AQUI para descarregar a folha de orçamento para os “cromos”.

____________________________________________________________
[Ana Bravo é consultora de crédito bancário e sócia-gerente da RP Formação. Para saber mais sobre os serviços, cursos e workshops desta empresa de consultoria e educação financeira clique aqui]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub