Espetáculos e Exposições

A “Insustentável Leveza” do Fado

A ACTA - Companhia de Teatro do Algarve, recentemente galardoada com o Prémio Gulbenkian Educação, apresenta em Portimão e Loulé, nos dias 9 e 10 de julho, "Insustentável Leveza". A criação do coreógrafo Carlos Matos cruza a dança contemporânea, a mú
Versão para impressão
A ACTA – Companhia de Teatro do Algarve, recentemente galardoada com o Prémio Gulbenkian Educação, apresenta em Portimão e Loulé, nos dias 9 e 10 de julho, “Insustentável Leveza”. A criação do coreógrafo Carlos Matos cruza a dança contemporânea, a música e a poesia e o sentimento do fado como pano de fundo.

“Fado é sentimento(s): esta é a premissa que será tomada como ponto de partida para a coreografia. Não se trata de narrar seja o que for, ou contar uma história de Fado”, refere a ACTA em comunicado.

“Pelo contrário, será criar como que uma colagem, construída a partir de muitos pequenos momentos coreográficos, inspirados nos textos dos diferentes fados/poemas e concretizá-los numa filosofia metafórica não ilustrativa”.

A palavra “saudade” traça, então, um percurso inevitável durante esta peça, que conta a participação de Afonso Dias, na interpretação e canto, José Alegre na guitarra portuguesa, Virgílio Silva na guitarra clássica, Virgolino Zacarias no saxofone tenor e soprano e Paulo Silva no contrabaixo.

Fábio Liberti, Igor Kirov, Marie Schmieder, Marijana Savovska e Wencke Kriemer são os bailarinos de serviço, neste espetáculo a ser apresentado esta sexta-feira no Teatro Municipal de Portimão (21h30) e, também, no sábado, na Cerca do Convento em Loulé (22h00).

Em Portimão, os bilhetes custam 10 euros, sujeitos a desconto de 50% para passaporte sénior, cartão jovem municipal, cartão municipal de pessoa portadora de deficiência e jovens até aos 30 anos. Em Loulé, a entrada é gratuita.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório