Ambiente

900 mil euros para requalificar o Rio Lis

A Câmara da Marinha Grande anunciou que assinou um protocolo de requalificação para a margem esquerda do rio Lis, entre a ponte das Tercenas e o mar. O acordo assinado entre a autarquia e a Administração da Região Hidrográfica do Centro (ARH Centro)
Versão para impressão
A Câmara da Marinha Grande anunciou que assinou um protocolo de requalificação para a margem esquerda do rio Lis, entre a ponte das Tercenas e o mar. O acordo assinado entre a autarquia e a Administração da Região Hidrográfica do Centro (ARH Centro) prevê um investimento de 900 mil euros.

“O ecossistema estuarino da Foz do Rio Lis reveste-se de um elevado potencial ecológico, de grande relevância para o desenvolvimento turístico do concelho da Marinha Grande”, justifica citado pelo jornal Público a autarquia.

As obras terão início depois da época balnear durante dez meses. O objetivo é recuperar a zona uma zona degradada e descaracterizada devido “às obras de regularização do rio”, à “utilização desregrada das áreas marginais” e “à falta de ordenamento dos espaços”, segundo a autarquia.

Consolidar uma rede de caminhos pedonais e cicláveis, plantar pinheiros-mansos e promover a biodiversidade local são alguns dos planos do projeto de reabilitação e valorização deste património natural. Na margem direita do rio Lis será plantada vegetação “capaz de garantir a interligação entre a mata e o rio”.

O projeto prevê também a instalação do Parque Temático do Pinheiro Manso, que vai reforçar a ligação entre esta zona do concelho e a Mata Nacional do Pinhal do Rei.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório