Cultura

Zoos, museus e aquários com mais visitas em 2010

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em Portugal, os museus, aquários, jardins zoológicos e botânicos receberam um total de 13,8 milhões de visitantes em 2010, quase um milhão a mais do que em 2009.
Versão para impressão
Segundo o Instituto Nacional de Estatística, em Portugal, os museus, aquários, jardins zoológicos e botânicos receberam um total de 13,8 milhões de visitantes em 2010, quase um milhão a mais do que em 2009.

De acordo com os valores apresentados, a crise não afetou as idas aos 360 museus, jardins zoológicos e aquários lusos, que contabilizaram cerca de 14 milhões de visitantes. Em 2009, apesar de o número de instituições contabilizadas serem em número superior (363), o total de visitas foi significativamente inferior, ficando-se pelos 12,9 milhões de pessoas.

Os dados lançados pelo INE revelam ainda que estes espaços culturais e de lazer acolheram 24,6 milhões de bens no seu acervo, em 2010, um valor igualmente superior que o do ano anterior (24,5 milhões).

Jardins zoológicos, botânicos e aquários são as preferências dos portugueses, apresentando um total de 25,1% das entradas contabilizadas. Seguem-se os Museus de Arte, com 23,6% do total contabilizado, os Museus de História, com 16,4% e, por fim, a categoria de Museus Especializados com 11,7%.

Tendo em conta uma média anual de 38 400 visitantes, o INE registou ainda uma maior procura nos museus de História (63 000 visitantes) e uma menor procura nos museus de Etnografia e Antropologia (4 900 e 6 800 visitantes, respetivamente).

Relativamente aos acervos registados, 34,5% pertenciam a Museus de Ciência e Técnica, 13,5% a Museus de Território e 12,1% a Museus Especializados.

Na área das artes plásticas, as 881 galerias e restantes espaços de exposições temporárias realizaram um total de 7 261 exposições, nas quais foram apresentadas 279 984 obras de 42 289 autores. Comparativamente com os dados relativos a 2009, e apesar de um menor número de espaços (eram 885 nesse ano), registou-se um aumento de 26 exposições.

O número de visitantes destes espaços em 2010 ultrapassou 9,1 milhões, com uma média de 1 250 visitantes por exposição. Por seu lado, em 2009 foram os visitantes ficaram-se pelos 8,6 milhões, com uma média de 1 192 por exposição.

Do total de obras expostas, destacam-se as classificadas como Mistas (25,3%), seguidas pela Pintura (22,2%), Fotografia (11,9%) e área Documental (10%).

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close