Sociedade

Worklovers Vs. Workaholics

Num mundo em constante mudança, novas palavras e conceitos vão surgindo rapidamente. É o caso do termo "worklover", cujo conceito se opõe quase na sua totalidade à bem conhecida expressão "workaholic", utilizada para des
Versão para impressão
Num mundo em constante mudança, novas palavras e conceitos vão surgindo rapidamente. É o caso do termo “worklover”, cujo conceito se opõe quase na sua totalidade à bem conhecida expressão “workaholic”, utilizada para descrever alguém que é viciado em trabalho.

Em declarações ao Diário de Noticias, a psicóloga clínica Cláudia Morais explica que “enquanto o viciado no trabalho é alguém que não sente prazer com a concretização das suas funções, o worklover tira grandes níveis de satisfação das largas horas que passa a trabalhar”.

Os worklovers podem ser descritos como pessoas que organizam a sua vida profissional de modo a que os seus amigos e família não sejam deixados de parte, conseguem lidar facilmente com as adversidades que os seus trabalhos provocam, sabem priorizar tarefas e conseguem cumprir com as obrigações profissionais.

Equilíbrio acaba assim por ser a palavra chave deste novo grupo social.

No entanto, alguns problemas podem surgir no decorrer de uma entrega tão intensa ao trabalho, sendo o campo mais afetado o da alimentação, que acaba por tornar-se deficitária em prol da elevada responsabilidade laboral. 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close