Negócios e Empreendorismo

Whisky mais caro do mundo tem rolha portuguesa

As rolhas do Dalmore Trinitas 64, o whisky mais caro do mundo, foram desenvolvidas pela Corticeira Amorim, em Mozelos. As rolhas da coleção Premium Top Series vedam, assim, as três garrafas de luxo que compõem a edição limitada da destilaria norte-am
Versão para impressão
As rolhas do Dalmore Trinitas 64, o whisky mais caro do mundo, foram desenvolvidas pela Corticeira Amorim, em Mozelos. As rolhas da coleção Premium Top Series vedam, assim, as três garrafas de luxo que compõem a edição limitada da destilaria norte-americana, à venda por 100 mil libras (cerca de 120 mil euros).

Esta parceria com a Dalmore “é bem representativa da estreita ligação que está a ser estabelecida com alguns dos mais importantes produtores mundiais de espirituosos”, sublinha Carlos de Jesus, diretor de marketing e comunicação da Corticeira Amorim, citado pelo Expresso.

De facto, as caves Dalmore gozam de um elevado estatuto a nível global, já que possuem um portefólio que contempla alguns dos mais raros e antigos whiskies do mundo.

A coleção de rolhas capsuladas de luxo da Amorim visa posicionar a cortiça como uma referência no mercado das bebidas espirituosas. Recorde-se que no primeiro trimestre deste ano, as rolhas Top Series foram selecionadas para vedar o whisky de malte mais antigo do mundo, o Gordon and Macphail´s Mortlach 70 anos, vendido a 12.500 euros, na versão de 70 cl.


[Notícia sugerida pela utilizadora Patrícia Esteves]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close