Espetáculos e Exposições

Voz de António Zambujo em destaque na imprensa americana

O jornal nova-iorquino 'Broadway World' publicou um artigo onde elogia e destaca a voz de António Zambujo. O fadista português vai subir aos palcos do Carnegie Hall no próximo dia 8 de Fevereiro, "distinguindo-se dos restantes artistas pela paixão pe
Versão para impressão
O jornal nova-iorquino 'Broadway World' publicou um artigo onde elogia e destaca a voz de António Zambujo. O fadista português vai subir aos palcos do Carnegie Hall no próximo dia 8 de Fevereiro, “distinguindo-se dos restantes artistas pela paixão pela tradição e simultânea vontade de inovar o estilo clássico”.  
 
Apresentado como “a voz que lidera o revivalismo do fado no masculino”, António Zambujo prepara-se para levar o seu “estilo único, que funde fado tradicional com canto alentejano, música brasileira, influências norte-africanas e do sul de Portugal”. O jornal refere que o cantor luso é conhecido por “empurrar a tradição da música popular portuguesa para a contemporaneidade”.

Entre o seu repertório, destaque para as “sensíveis interpretações e arranjos que combinam bossa nova, música popular brasileira e jazz”. Evidência do talento deste português é o que o lendário músico brasileiro Caetano Veloso diz sobre o mesmo: “O que se ouve em Zambujo é algo que vai mais fundo. Faz-nos lembrar João Gilberto e tudo o que ele trouxe para a música brasileira”. 


Naquele que é o seu concerto de estreia no Carnegie Hall, António Zambujo vai fazer ouvir “a mítica tradição que se espalhou pelas cidades portuárias portuguesas no início do século XIX e que, inclusive, já conta com um lugar na prestigiada lista de Património Cultural Imaterial da UNESCO”. 
 
No artigo lê-se ainda que, “ao contrário de outros géneros de música rural popular em Portugal, onde, por norma, a sua evolução tem por base uma única cultura, o fado é um estilo de música popular urbana, originário da cidade de Lisboa, que junta várias culturas, fundidas entre si ao longo dos séculos”.

O resultado é uma sonoridade “bela e melancólica, caracterizada por melodias tristes e letras muitas vezes representativas do sentimento fatalista e saudosista”. 

Leia AQUI o artigo original completo (em inglês). 


Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close