Em Destaque Turismo

Voos com várias escalas? Aproveite o seu tempo ao máximo

Marcou um voo longo e com múltiplas paragens para breve? Não se preocupe, a momondo e o Boas Notícias dá-lhe as melhores dicas para tolerar – e até aproveitar – as escalas longas.
Versão para impressão
por redação

Um preço de voo reduzido vem muitas vezes acompanhado de uma escala longa. Se tiver sorte pode passar o seu tempo num dos melhores aeroportos do mundo, com cinemas gratuitos disponíveis e até saunas e piscinas no terraço. No entanto, para os menos afortunados, a momondo liberta um conjunto de truques e dicas que se adequam a todos os orçamentos e farão com que o tempo passe num instante.

  1. Saia do aeroporto

Se não consegue mesmo evitar a escala, tente esticá-la o suficiente para poder sair do aeroporto e passear um pouco. Para tal não se esqueça de confirmar se precisa de um visto e se existem serviços de armazenamento de bagagem se precisar de voltar a fazer check-in antes do próximo embarque. Também muito importante é perguntar sobre os tempos estimados de espera para o controlo de segurança do próximo voo, para não se atrasar.

Mas e se tiver muitas horas vagas e não puder sair por estar num aeroporto longe de tudo? As próximas 6 dicas vão ajudá-lo.

  1. Mime-se num Lounge

Pode parecer algo ridículo para uma viagem curta, e encarece um pouco o orçamento, mas se tiver horas para queimar num aeroporto aborrecido porque não experimenta comprar uma entrada para um lounge privado? Dependendo da entrada, pode desfrutar de bebidas gratuitas, jornais, internet e, mais importante ainda, um ambiente sossegado.

O Lounge Pass oferece acesso a 300 lounges de aeroporto em todo o mundo, e o LoungeBuddy a 160. Se fizer uma viagem com muitas escalas, considere o Priority Pass: além de oferecer mais de 950 lounges em todo o mundo, funciona com uma taxa anual de sócio.

  1. Mexa-se

Se vai numa viagem longa pode optar por fazer alguma pesquisa e tentar obter acesso a um ginásio ou centro de fitness no aeroporto, ou num hotel dentro/perto do aeroporto. Embora alguns sejam algo caros, um bom duche depois de se exercitar durante a escala de seis horas não tem preço.

Se considera que também vai de férias do exercício, que tal uma volta por uma galeria de arte? Aeroportos como o London Heathrow ou o Aeroporto Schiphol em Amesterdão têm espaços dedicados para arte e/ou escultura, e o Aeroporto Internacional de São Francisco tem até o seu próprio museu!

  1. Aproveite para descansar

Se aterrar a meio da noite e estiver desesperado por uns minutos de sono, todos os aeroportos têm locais onde pode descansar. Alguns contam com zonas de silêncio dedicadas com espreguiçadeiras, vagens para dormir e até pequenos hotéis. Se não encontrar nenhuma zona específica para dormir procure um cantinho sossegado ou encaminhe-se para uma porta de embarque que não esteja a ser utilizada. Se não tiver razão nenhuma para estar cansado a não ser o jet lag tente espairecer: dê um passeio e coma qualquer coisa.

  1. Explore o aeroporto

Não tem dinheiro suficiente para ir para o lounge do aeroporto nem tempo para fazer exercício ou dormir? Então explore o local. Descubra um bom lugar perto de um vidro e veja os aviões a partir e a chegar. Se tiver medo de voar, pode ser que observar a forma segura e calma com que levantam voo e aterram o acalme.

Os aeroportos são sítios interessantes onde conhecerá pessoas diferentes, meta conversa com algumas delas e deixe-se surpreender pela positiva.

  1. Entretenha as crianças

Se viajar com crianças a pausa será muito apreciada. A ideia de enfrentar um voo de 17h seguidas parece boa, mas depois das crianças dormirem a sesta, esgotarem todos os jogos, estarem fartas de televisão e correrem 15 vezes para trás e para a frente do avião até vai desejar fazer várias escalas.

Que tal optar por tornar a viagem parte das férias e alongar a escala para conseguir sair do aeroporto e ver qualquer coisa? Se tal não for possível, tente descobrir se existe uma zona infantil: a maioria dos aeroportos grandes têm escorregas, bandas desenhadas, berços e até banheiros.

  1. Vá equipado

A última sugestão – e também algo que faz parte do processo de planeamento inicial – é pensar no que leva consigo. Se já sabe que vai ter uma longa escala no aeroporto, prepare-se para tal. Tampões para os ouvidos, máscara para dormir, livros, séries/filmes no tablet/telemóvel/portátil, uma manta ou camadas extra de roupa, uma garrafa de água para ir reenchendo, snacks, carregador, e uma muda de roupa são, no mínimo, itens essenciais.

Por último, não se esqueça de verificar que tipo de tomada é usada no país onde fazes escala – pode ser um tipo diferente do seu país de origem e destino.

A chegada de 2018 trouxe também várias oportunidades de novas viagens e não deve desperdiçar nenhuma por ter de fazer escala noutro aeroporto. Aproveite e conheça os destinos mais longínquos

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close