Em Destaque Sociedade

A visita do Papa “ultrapassou todas as expectativas”

©António Vale
Papa Francisco «rejuvenesceu» de um dia para o outro
Versão para impressão
por redação

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que “foram ultrapassadas todas as expectativas” em relação à visita de Francisco a Fátima e agradeceu a todos os portugueses. Confessou também que os projetos iniciais eram “mais limitados”, ou seja, o Papa estava para ficar em Portugal menos tempo do que afinal acabou por ficar.

O presidente mostrou-se bastante grato aos portugueses “crentes e não crentes”, pelo acolhimento ao Papa salientando igualmente os responsáveis da Igreja: o bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, D. Manuel Clemente, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, e o reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas.

Marcelo Rebelo de Sousa revelou que o Papa Francisco valorizou o “calor humano” manifestado por todos os portugueses, por ser um “calor ponderado, moderado, sentido”.

O Papa “rejuvenesceu de ontem para hoje”, sublinhou o presidente da República, lembrando a fadiga que mostrava à chegada.

“As últimas palavras que trocámos foi para eu a dar-lhe força e ele a dar-me força. A tarefa dele é mais importante, porque há tantos conflitos em que ele está empenhado”, referiu Rebelo de Sousa.

O Papa Francisco realizou uma peregrinação ao Santuário de Fátima nos dias 12 e 13 de maio para assinalar o centenário das aparições e presidir à canonização de Francisco e Jacinta Marto.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close