Negócios e Empreendorismo

Vinhos do Douro e Porto arrecadam 29 medalhas

Os vinhos produzidos na Região Demarcada do Douro e Porto brilharam na 8ª edição do concurso ibérico Prémio Arribe, arrecadando um total de 29 distinções.
Versão para impressão
Os vinhos produzidos na Região Demarcada do Douro e Porto brilharam na 8ª edição do concurso ibérico Prémio Arribe, arrecadando um total de 29 distinções, entre medalhas de ouro e prata, nas diversas categorias a concurso. 
 
De acordo com a agência Lusa, o certame internacional, que se realiza anualmente na localidade de Trabanca, na província espanhola de Salamanca, contou, em 2012, com a participação de um total de 507 vinhos, provenientes de 31 denominações de origem de Portugal e Espanha, dos quais 134 premiados
.
No mês de Agosto, um júri de prova, composto por enólogos profissionais de trajetória internacional, avaliou, através de uma “prova cega”, os 507 vinhos candidatos ao Concurso Internacional de Vinhos Arribe 2012.
 
Os prémios serão, agora, entregues aos vencedores, numa gala que decorrerá em Trabanca no próximo sábado e que vai juntar produtores, empresários do sector, especialistas em vinhos, comunicação socia le outros agentes económicos. 
 
“Este ano, tivemos a maior participação de sempre de vinhos portugueses, a maioria dos quais oriundos da Região Demarcada do Douro. Além disso, quase metade dos vinhos a concurso eram de origem portuguesa. Estamos muito orgulhosos na confiança que depositam no nosso rigor e trabalho”, disse à Lusa a coordenadora da associação transfronteiriça Vindouro/Vinduero, responsável pelo concurso, Lisete Osório.

Concurso ajuda a promover vinhos portugueses

 
Ainda segundo a organização, o concurso ibérico tem grande importância na promoção dos vinhos portugueses provenientes de pequenos e médios promotores junto do mercado espanhol e latino-americano, sendo, para já, encarado como “uma porta de entrada” dos produtos nacionais nestes dois mercados.
 
“Trata-se de um concurso transfronteiriço, que acaba por funcionar como uma autêntica ferramenta de promoção, notoriedade e comercialização dos vinhos”, concluiu Lisete Osório.
 
A Associação Vindouro/Vinduero une cerca de uma centena de recursos enoturísticos da região transfronteiriça do Douro Internacional, através da Rota Internacional do Vinho, que tem como missão potenciar turisticamente as regiões transfronteiriças do Nordeste Transmontano e Beiras, em paralelo com a província espanhola de Castela e Leão.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close