Negócios e Empreendorismo

Vinho português selecionado para “top 20” da Forbes

O vinho "3B Método Tradicional" da produtora portuguesa Filipa Pato, oriundo da Bairrada, está entre os selecionados para um "top 20" da prestigiada revista norte-americana Forbes que compila exemplos dos vinhos mais saborosos a nível internacional c
Versão para impressão
O vinho “3B Método Tradicional” da produtora portuguesa Filipa Pato, oriundo da Bairrada, está entre os selecionados para um “top 20” da prestigiada revista norte-americana Forbes que compila exemplos dos vinhos mais saborosos a nível internacional com um preço até 20 dólares (cerca de 14,50€).

Ao longo do artigo publicado no início deste mês, a autora, Katie Kelly Bell, deixa aos amantes do vinho alguns conselhos para conseguir boas relações entre qualidade e preço, recomendando que coloquem de parte as grandes regiões do vinho, comprem localmente, prefiram vinhos brancos, leiam o rótulo dos produtos e tenham atenção aos importadores.

Com o objetivo de ajudar os leitores nas suas escolhas, Bell reúne ainda 20 sugestões “saborosas” e não impeditivas para a carteira. O vinho “3B Método Tradicional”, vendido, nos EUA, a 15 dólares (aproximadamente 11 euros) é o primeiro da lista, descrito como um vinho “divertido” com o sabor de “um gelado na Primavera”.

Este rosé, feito com uvas Baga e Bical e com as suas “notas vívidas e brilhantes de framboesa”, é “refrescante e revigorante”, acrescenta a autora da peça, que destaca ainda vinhos de países como Espanha, Áustria, França, Austrália, Itália e os próprios EUA.

O 3B (cujo nome resulta da sua composição – 70% Baga, 30% Bical – e da região onde é produzido, Bairrada, terra também começada por 'B') nasceu, segundo o site oficial de Filipa Pato, “da vontade de criar um Método Tradicional aromático, refrescante, honesto e elegante baseado nas uvas autóctones de vinhas que respeitam a tradição de cultivo da região”.

Embora seja conhecido como vinho espumante rosé, a produtora realça “não concordar com a designação”, o que levou a que fosse classificado como “Método Tradicional” até que “o País se decida por uma designação própria, tal como acontece em Espanha com a Cava e em Itália com Franciacorta”.

Este vinho “é um ótimo companheiro de conversa entre amigos mesmo fora da refeição”, sendo que, à mesa, “resulta muito bem com cozinha natural de frutos do mar, saladas de aves e queijos de pasta dura”.

De salientar que, além desta distinção na Forbes, o 3B Rosé recebeu já 89 pontos atribuídos por Robert Parker, um dos críticos de vinhos norte-americanos mais influentes das últimas décadas, e foi ainda eleito por 4 de 6 especialistas brasileiros para as celebrações de fim de ano num artigo da revista Veja São Paulo.

Clique AQUI para aceder ao artigo publicado na Forbes (em inglês)

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close