Gastronomia

Vinho moscatel com destaque em revista francesa

Duas edições de Moscatel da Adega de Favaios, em Portugal, acabam de ser distinguidas mais recente edição da revista francesa 'Tasted Journal 100% Blind'. A prova esteve a cargo de dois dos melhores 'sommeliers' do Mundo, que classificaram as bebidas
Versão para impressão
Duas edições de Moscatel da Adega de Favaios, em Portugal, acabam de ser distinguidas mais recente edição da revista francesa 'Tasted Journal 100% Blind'. A prova esteve a cargo de dois dos melhores 'sommeliers' do Mundo, que classificaram as bebidas lusas com 90.5 e 88 pontos numa escala de 0 a 100. 
 
Markus Del Monego, da Alemanha, e Andreas Larsson, da Suécia, são quem forma a dupla de provadores profissionais, especializados na degustação de vinho, cerveja e outro tipo de bebidas. Os dois quiseram provar o Mocastel de 1980 e o Adega de Favaios 10 anos, classificando-os com uma pontuação de 90.5 e 88, respetivamente.
 
As provas 'cegas' são feitas em salas de degustação, com procedimentos altamente profissionais, seguindo um rigoroso caderno de regras, quer permite, a qualquer momento, obter um controlo constante e uma reprodução fiável das condições de degustação.
 
“De cor âmbar profunda, bordado a verde. O aroma é intenso e maduro, a baunilha, especiarias, nozes, madeira, tabaco e melaço. O paladar, com uma doçura elevada, é de ameixa, figos, chocolate e caramelo, algumas notas apimentadas, com um terminar longo e quente”, escreve Andreas Larsson sobre o Moscatel de 1980.
 
 Já sobre o Adega de Favaios 10 anos, o especialista conta que este possui, também ele, uma “cor âmbar profunda e um aroma intenso de uvas passas, raspas de laranja, especiarias e caramelo”. Quanto ao paladar “é redondo, doce e encantador, com comprimento, equilíbrio e boa intensidade.”
 
A opinião de Markus Del Monego é de que o Moscatel de 1980 apresenta uma “cor mogno escuro, e um “opulento aroma de melaço, ameixas, figos secos, chocolate e mel”. No paladar, “casca de laranja seca, chocolate e mel”, todos eles aliados a um “bom peso e comprimento”. 
 
Para o Adega de Favaios 10 anos, o destaque vai para um sabor a “flores de laranjeira, casca de laranja cristalizada, marmelada, lírios brancos, notas de mel, açúcar cristalizado e gengibre”, bem estruturado com comprimento e bom equilíbrio. “Um estilo muito especial de vinho com grande originalidade”, conclui o 'sommelier'.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close