Gastronomia

Vinho da Madeira promovido em várias cidades europeias

O Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira (IVBAM) está a organizar um conjunto de iniciativas de promoção do vinho da região, pela Europa.
Versão para impressão
O Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira (IVBAM) está a organizar um conjunto de iniciativas de promoção do vinho da região, pela Europa. Entre os dias 21 e 28 de Outubro, o Vinho Madeira vai estar em destaque em cidades como Paris, Londres, Copenhaga, Haia e Veneza.

Seminários e 'masterclass' sobre o Vinho Madeira, provas abertas e ações de degustação são algumas das atividades que incorporam o programa, avança um comunicado da IVBAM. 


Já na cidade italiana a oferta terá uma “vertente mais formativa” e acontece na sequência de um convite da Associação de Sommeliers Italiana (ASI). Na apresentação de Veneza vão ser abordados “vários temas da Região Vitícola, com realce para as particularidades e especificidades do Vinho Madeira”, explica o comunicado. 

As várias iniciativas, que decorrem ao longo da próxima semana, vão contar com a presença de Rui Falcão, “conceituado crítico de vinhos português”. Em Londres, haverá ainda espaço para alguns “petiscos”. O Chef madeirense Octávio Freitas vai dar “a provar” à capital do Reino Unido “algumas iguarias concebidas para harmonizarem com os vários tipos de Vinho Madeira em prova”.

 
A organização revela ainda que as iniciativas vão decorrer em “locais de charme, sendo que as provas de Londres e Haia vão ser realizadas nas Embaixadas de Portugal.” No dia 21 de Outubro, a Embaixada portuguesa em Londres vai receber ainda uma exposição sobre o Bordado da Madeira.

A escolha das cidades não foi deixada ao acaso. Os países escolhidos são vistos como importantes mercados para a exportação do vinho da região, representando “cerca de 37% do total de volume de negócio do Vinho Madeira.”

 
No mesmo comunicado, a IBVAM revela que as ações estão inseridas no “Plano Promocional de Vinho Madeira”, um projeto “cofinanciado em 85% fundos comunitários, veiculados pelo Programa intervir +, sendo o restante montante suportado pelo orçamento regional.”

A iniciativa conta ainda com o apoio da Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Humanos, em parceria com cinco empresas do setor.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close