Mundo

Vídeo: Surda ensina língua gestual aos seus gatos

Kim Silva é surda, tal como os seus três gatos, Bambi, Thomasina e Bobcat. Recentemente, reformou-se do seu emprego na Escola Americana de Surdos, e aproveitou o tempo livre para ensinar língua gestual aos seus animais de companhia.
Versão para impressão
Kim Silva é surda, tal como os seus três gatos, Bambi, Thomasina e Bobcat. Recentemente, reformou-se do seu emprego na Escola Americana de Surdos, nos EUA, e aproveitou o tempo livre para ensinar língua gestual aos animais de companhia.

Bambi, o primeiro gato a ser adotado, foi acolhido em 2009, depois de Kim e o marido terem perdido outro animal de estimação. “Apaixonamo-nos pelo Bambi”, contou a mulher numa entrevista ao Huffington Post, acrescentando que a ele se juntaram, depois, outros dois felinos.

Os sinais que Kim usa para comunicar com os três gatos foram criados por ela, mas a ex-professora recorre, também, à da língua gestual americana para os “educar”.

Como comprova um vídeo divulgado pela norte-americana no Youtube, os seus três  gatos, Bambi, Bobcat e Thomasina, já interpretam gestos como “vem”, “mais”, “senta”, “fica”, “aperto de mão”, “deita”, “anda em circulos”, “dança”, entre outras.

“[Com a língua gestual] os gatos interagem muito mais com as pessoas, uma vez que querem comunicar”, disse a mulher à publicação norte-americana, que admite que, “até começar a aprender língua gestual”, Bobcat era “como se fosse só uma almofada que comia”.

Depois de ter aprendido, “começou a interagir com os outros gatos, mas ainda a ignorar as pessoas. Só a partir dos sete anos é que passou a ser mais extrovertido”, revelou.

O objetivo de Kim é que, no futuro, os seus três animais fiquem aptos a “pedir-lhe” tudo aquilo de que necessitam através de gestos. “Espero que os meus gatos consigam pedir-me comida através de sinais”, disse a norte-americana, que confessou passar muitas horas a assistir a vídeos na internet acerca da comunicação com os gatos.

De acordo com a mulher, muitos cães conseguem comunicar através de gestos e o mesmo se passa com os gatos, embora tal facto seja desconhecido da maioria das pessoas. “Há muita gente – surdos, na sua maioria – que me pergunta como é que eles conseguem”, frisou.

Até ao momento, o vídeo de Kim Silva a “falar” com os seus gatos, captado pelo seu genro, Tim O'Donnell, já foi visto mais de mil vezes. A norte-americana espera que as imagens inspirem outras pessoas a adotar gatos surdos e a ensiná-los a comunicar.

Notícia sugerida por Maria Pandina

Veja abaixo o vídeo partilhado por Kim Silva.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close