Cultura

Vídeo: Camané canta Fado em rádio norte-americana

Camané foi, recentemente, convidado por uma rádio norte-americana para um breve concerto intimista. O músico português cantou o Fado esta semana nos estúdios da NPR, em Washington, nos EUA.
Versão para impressão
Camané foi, recentemente, convidado por uma rádio norte-americana para um breve concerto intimista. O músico português cantou o Fado esta semana nos estúdios da National Public Radio (NPR), em Washington, nos EUA, no âmbito dos “Tiny Desk Concerts”, por onde já passaram célebres nomes internacionais.
 
Acompanhado à guitarra portuguesa por José Manuel Neto e à guitarra clássica por Carlos Manuel Proença, Camané apresentou ao público norte-americano os temas “Abandono” (de David Mourão-Ferreira e Alain Oulman), “Cansaço (Fado Tango)” (de Luís Macedo e Joaquim Campos) e “Saudades trago comigo” (composto por António Calém).
 
“Os grandes fadistas cantam como se carregassem aos ombros o peso de todas as tristezas do mundo”, escreve a NPR a propósito da atuação de Camané, explicando que este tipo de música reflete “uma espécie de sentimento de felicidade em estar triste ao qual os portugueses e brasileiros chamam saudade”. 
 
Apesar de ser “um homem de baixa estatura”, a voz “aveludada de barítono” do fadista é “algo de admirar”, elogia a rádio norte-americana, contando que Camané se apaixonou pelo Fado graças à coleção de discos dos pais e começou a cantar ainda na adolescência, acabando “por se tornar uma estrela da sua geração e um nome de destaque num género dominado pelas mulheres”. 

Veja o vídeo da atuação de Camané na NPR publicado no site da rádio norte-americana
 

“Camané já vendeu seis milhões de álbuns no seu país de origem. Há cerca de 10,5 milhões de habitantes em Portugal. Façam as contas”, destaca a NPR, que descreve o Fado como “uma mistura de desejo, perda e melancolia em forma de resignação”. 
 
A rádio faz ainda questão de frisar, porém, que a melancolia deste género musical não advém apenas da voz de quem canta o Fado mas, também, do som da “rico e tilitante” da Guitarra Portuguesa, que vai “muito além do acompanhamento”.
 
“Com as suas doze cordas, o instrumento não apenas 'comenta' a letra da canção, como entra numa espécie de diálogo sentido com o cantor”, realça a NPR, que aconselha quem assistir ao vídeo da atuação “a prestar atenção ao desempenho de José Manuel Neto, que, com 'nuance' e charme', consegue transportar-nos até uma taberna acolhedora de Alfama”.

Notícia sugerida por Maria Pandina 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close