Negócios e Empreendorismo

Viana: Americanos criam pelo menos 80 empregos

Uma fábrica automóvel que está a ser construída em Viana do Castelo pelo grupo norte-americano BorgWarner deverá criar, pelo menos, 80 novos postos de trabalho naquela cidade.
Versão para impressão
Uma fábrica automóvel que está a ser construída em Viana do Castelo pelo grupo norte-americano BorgWarner deverá criar, pelo menos, 80 novos postos de trabalho naquela cidade.
 
De acordo com informações avançadas à Lusa por uma fonte da administração da multinacional, esta nova instalação fabril resultará da transferência gradual, até 2015, da produção da atual unidade, localizada em Valença, para a nova fábrica, que começou já a ser construída no Parque Empresarial de Lanheses.
 
A empresa, que produz acessórios para a indústria automóvel, garantiu que todos os cerca de 550 postos de trabalho de Valença serão mantidos na fábrica de Viana, “incluindo trabalhadores temporários”. Quem aceitar a mudança, terá transporte diário gratuito para se deslocar para a nova unidade, numa viagem de cerca de 100 quilómetros.
 
Depois de transferida a produção, a empresa deverá aumentar a força laboral em “pelo menos em 80 trabalhadores”. “Mas, começando a trabalhar com vários clientes em novos projetos, esperamos que esse número ainda aumente”, admitiu a mesma fonte.
 
Segundo a BorgWarner, a nova fábrica, que está a ser construída desde Agosto, tem 15.000 metros quadrados de área de produção e “um espaço adjacente para uma futura expansão”, destina-se a assegurar a expansão e aumento da capacidade produtiva, representando um investimento de 25 milhões de euros.  
 
A multinacional acredita que a “maior capacidade de produção” permitirá “servir eficientemente os clientes com várias tecnologias ecológicas” que têm como objetivo a redução das emissões, entre as quais “os radiadores de recirculação dos gases de escape (EGR), tubos EGR e módulos de controlo de velas incandescentes”.
 
A construção da unidade em Viana integra a estratégia da BorgWarner destinada a expandir a produção da tecnologia de arranque a frio para motores diesel, surgindo também para “satisfazer a crescente procura” de tecnologias EGR.
 
A BorgWarner é uma das maiores produtoras mundiais de acessórios para a indústria automóvel, com 57 fábricas instaladas em 19 países, trabalhando para praticamente todos os grandes construtores automóveis.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close