Sociedade

Vestuário vai ser adaptado à fisionomia dos portugueses

Com o objetivo de criar peças de roupa adaptadas à fisionomia dos clientes nacionais, a indústria de vestuário vai tirar as medidas a 2.000 portugueses, sendo que, habitualmente, as roupas têm uma base de orientação internacional.
Versão para impressão
Com o objetivo de criar peças de roupa adaptadas à fisionomia dos clientes nacionais, a indústria de vestuário vai tirar as medidas a dois mil portugueses. Esta é a primeira vez que, em Portugal, se estudam as medidas da população, sendo que, habitualmente, as roupas têm como base uma orientação internacional.
 
De acordo com a Lusa, o projeto Sizing_Sudoe vai realizar, este Verão, medições a mil homens e mil mulheres, sobretudo em zonas balneares, numa recolha inédita em Portugal para melhorar o desenho e adequar o tamanho do vestuário aos portugueses.
 
Como explicou o diretor-geral da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), Paulo Vaz, “nunca se tiraram as medidas aos portugueses de forma científica”, pelo que, até agora, têm-se ajustado “as medidas das tabelas internacionais à realidade portuguesa”, o que dá azo a muitas queixas por parte dos consumidores.
 
“Uma das razões que nos levou a conduzir um estudo desta natureza é a existência de muitas queixas, porque o consumidor quando chega a uma loja muito raramente encontra roupa correspondente”, referiu Paulo Vaz, adiantando que “muitas vezes os portugueses não satisfazem o desejo de compra, porque não encontram peças à sua medida”.
 
Este projeto, que vai realizar-se também em França e em Espanha, baseia-se na recolha das medidas antropométricas 3D, com recurso a um ‘scanner 3D’. Numa fase seguinte, esta informação é  tratada e compilada numa base de dados e transferida para as empresas de confeção.
 
Paulo Vaz acrescentou ainda que este “é um projeto para alinhar as práticas com a maioria dos países desenvolvidos em que a indústria da moda tem uma base científica quantitativa realizada numa amostra, que é relevante para perceber as características do universo em que está a trabalhar”.

Notícia sugerida por Elsa Fonseca

 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close