Cultura

Veneza: Portugal na Bienal de Arquitetura

O projeto "No place like - 4 houses, 4 films", criado por quatro arquitetos e quatro artistas portugueses, vai inaugurar sexta-feira a representação de Portugal na Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza.
Versão para impressão
O projeto “No place like – 4 houses, 4 films“, criado por quatro arquitetos e quatro artistas portugueses, vai inaugurar sexta-feira a representação de Portugal na Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza.

A participação portuguesa, organizada e produzida pela Direcção-Geral das Artes (DGArtes) do Ministério da Cultura com a colaboração da Trienal de Arquitetura de Lisboa, é comissariada por Julia Albani, José Mateus, Rita Palma e Delfim Sardo.

A mostra coletiva atravessa várias gerações de arquitetos e artistas, contando com a participação dos arquitetos Manuel e Francisco Aires Mateus, Ricardo Bak Gordon, João Luís Carrilho da Graça e Álvaro Siza Vieira. Os trabalhos dos arquitetos são acompanhados de videos e filmes dos artistas Filipa César, João Onofre, João Salaviza e Julião Sarmento.

Enquanto os primeiros vão apresentar projetos de quatro ateliers de arquitetura, os artistas irão exibir filmes ficcionais sobre a relação destas casas com os contextos em que se inserem, segundo o projeto global divulgado pela DGArtes.

O projeto apresentado por Siza Vieira é o único de habitação coletiva económica – o Bairro da Bouça, no Porto – enquanto os restantes são de habitações unifamiliares.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close