Fitness & Bem-estar

Vamos oferecer sorrisos?

NULL
Versão para impressão
Corremos lojas num frenesim desgastante e hipotecamos Janeiro em prendas de consumo rápido e pequeno impacto, esquecendo-nos que temos em nós ofertas de saúde e bem-estar, capazes de alterar a própria química do organismo de quem nos rodeia, de uma forma profunda e sempre benigna. Um sorriso, por exemplo.

[Por Madalena Lobo, Psicóloga Clínica]

Image and video hosting by TinyPicDesde que genuíno, o sorriso é uma das maravilhas da natureza, ainda que muito subvalorizado nesta moderna sociedade de consumo – felizmente, com tecnologia de topo, que permite registar alterações cerebrais e reatividades musculares, o sorriso anda a ser resgatado do baú das “coisas-tão-normais-que-são-ignoradas”.

Sabia que, quando vê alguém a sorrir, você automaticamente mexe os músculos mais importantes envolvidos num sorriso, de uma forma imperceptível e largamente subconsciente? Talvez por isso, cada um de nós saiba instintivamente que é bom estar perto de pessoas alegres e
“boa onda”. As emoções são contagiosas.

E sabia que sorrir dá saúde? O sorriso verdadeiro (conhecido como sorriso Duchenne, em que os olhos franzem em conjunto com a mobilização dos lábios, indicando que existe uma emoção consistente e realmente sentida), quando praticado regularmente, tem efeitos positivos na saúde: 

  • Fortalece o sistema imunitário
  • Aumenta o humor positivo
  • Reduz o stress
  • Baixa a tensão arterial

Além disso, sorrir melhora a percepção que os outros têm de nós e aumenta a auto-confiança.

Mesmo que não lhe apeteça e tenha de forçar um pouco o sorriso, o corpo vai reagir, puxado pela movimentação muscular: basta forçar um sorriso para que se liberte serotonina e dopamina no organismo, as drogas do bem-estar e, em menos de nada, estará a sorrir espontaneamente e a sentir-se bem.

Sorrir não custa nada, não tem contra-indicações, é possível para qualquer um e em qualquer circunstância, e espalha em volta boa-disposição, saúde e energia. Que tal oferecer sorrisos neste Natal? 
  
Image and video hosting by TinyPic
[Madalena Lobo é Diretora Geral da Oficina de Psicologia. Para saber mais sobre este projeto visite www.oficinadepsicologia.com ou http://www.facebook.com/oficinadepsicologia]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close