Saúde

Validade de receitas médicas alargada para 30 dias

NULL
Versão para impressão
Uma portaria publicada na sexta-feira estabelece que “o prazo de validade das receitas médicas, nas quais sejam prescritos medicamentos comparticipados, é de 30 dias a contar, de forma contínua, da data de prescrição”. A medida entra em vigor a 01 de julho.

Contudo, o prazo “não se aplica a medicamentos prescritos em receitas médicas renováveis”, nem a “medicamentos esgotados, desde que este facto seja justificado, de forma expressa, na própria receita médica”, refere o documento.

Atualmente, a validade das receitas para os medicamentos comparticipados é de 10 dias úteis ou 20 dias consecutivos.

A portaria define ainda que “quando a receita médica não especifica a dimensão da embalagem do medicamento comparticipado, deve ser dispensada a embalagem de menor dimensão disponível no mercado”.

Além disso, o Estado deve proceder ao pagamento da comparticipação às farmácias nos medicamentos prescritos a beneficiários do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close