Cultura

Universidade de Coimbra eleita Património Mundial

A Universidade de Coimbra - Alta e Sofia (conjunto arquitetónico que integrou uma candidatura única) acabam de ser classificadas como Património Mundial da Humanidade pelo Comité Executivo da UNESCO.
Versão para impressão
A Universidade de Coimbra – Alta e Sofia (conjunto arquitetónico que integrou uma candidatura única) acabam de ser classificadas como Património Mundial da Humanidade pelo Comité Executivo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).
 
O Comité da UNESCO, reunido no Camboja, aprovou, este sábado, a candidatura coimbrã, uma aprovação que vem juntar a “Cidade dos Estudantes” aos centros históricos de Angra do Heroísmo, Évora, Porto e Guimarães, cidades portuguesas que integravam já a lista de Património Mundial.
 
Numa nota enviada à Lusa, João Gabriel Silva, reitor da Universidade de Coimbra (UC), afirma que “mais do que o conhecimento do valor arquitetónico do complexo universitário de Coimbra [composto pela Universidade, a Alta de Coimbra e a Rua da Sofia], esta decisão da UNESCO sublinha o valor universal da cultura e da língua portuguesas e reconhece o papel central que Portugal teve na formação do Mundo, tal como hoje o conhecemos”.
 
A classificação da UC, a única universidade portuguesa durante tantos séculos, como Património Mundial “reconhece a ação central que a Universidade de Coimbra tem vindo a desempenhar na história da humanidade”, acrescenta ainda a nota.
 
Para comemorar a inscrição da Universidade de Coimbra – Alta e Sofia, o reitor da UC convida à participação de todos na iniciativa “Coimbra em Festa”, que vai decorrer na Praça do Comércio, na baixa da cidade, a partir das 16.00h deste domingo.
 
Acrescente-se que, este sábado, a UNESCO já tinha decidido também a classificação do monte Fuji, um dos símbolos mais conhecidos do Japão, como Património Mundial. Segundo a UNESCO, com os seus 3,776 metros de altura, o monte Fuji “inspirou artistas e poetas e tem sido objeto de peregrinação durante séculos”.
 
A comissão do Património Mundial da UNESCO, reunida na 37.ª sessão anual em Phnom Penh, Camboja, deve analisar, ao todo, a inscrição de 31 locais naturais e culturais na lista do património mundial.

Notícia sugerida por Elsa Martins, Rosaly Pereira e Ana Sofia Pinto

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close