Sociedade

Universidade Aberta distinguida pela Comissão Europeia

No final de Dezembro de 2013, a Universidade Aberta, em Portugal, foi distinguida com o Selo de Qualidade da Comissão Europeia. Numa homenagem conferida às instituições de ensino superior que aplicam o Suplemento ao Diploma de forma rigorosa e gratui
Versão para impressão
No final de Dezembro de 2013, a Universidade Aberta, em Portugal, foi distinguida com o Selo de Qualidade da Comissão Europeia. Numa homenagem conferida às instituições de ensino superior que aplicam o Suplemento ao Diploma de forma rigorosa e gratuita, o mesmo é válido para o período entre 2013 e 2016. 
 
As diretrizes de Bolonha têm vindo a ser seguidas pela Universidade Aberta desde 2008, com especial enfoque sobre a aplicação do Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos (ECTS) e a emissão gratuita de Suplementos ao Diploma bilingues (português e inglês).
 
O Suplemento ao Diploma é um documento complementar do diploma, conferido no final de um programa de estudos, com a descrição do sistema de ensino superior do país de origem do diploma, a caracterização da instituição que ministrou o ensino e conferiu o diploma e ainda informação detalhada sobre a formação realizada, os seus objetivos e resultados obtidos. 
 
O mesmo prevê, de igual forma, a menção de atividades extracurriculares desenvolvidas em paralelo com o percurso académico (como, por exemplo, o desempenho de funções de natureza associativa, atividades culturais ou editoriais e a participação em períodos de mobilidade). 
 
A estrutura segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europeu e pela UNESCO/CEPES e tem por objetivo fornecer dados independentes e suficientes para melhorar a transparência internacional e o reconhecimento académico e profissional equitativo das qualificações (diplomas, graus, certificados, etc.).
 
No âmbito das recomendações da Declaração de Bolonha, o Suplemento ao Diploma é um dos instrumentos fundamentais na avaliação das competências dos diplomados – a nível de transparência e reconhecimento das suas qualificações para fins académicos e profissionais -facilitando a sua mobilidade e empregabilidade. 
 
O processo implica a apresentação de candidatura e subsequente avaliação por uma comissão de peritos independentes. Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a instituição refere que a presente distinção resulta da aposta que a Universidade Aberta fez na qualidade e no fortalecimento da sua estratégia de internacionalização, vindo reconhecer o trabalho desenvolvido no que respeita a valorização nacional e internacional da formação dos seus estudantes.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close