Cultura

UNESCO: Matosinhos candidata-se a Cidade de Design

Em 2015, a cidade de Matosinhos quer candidatar-se ao título de Cidade de Design, uma distinção atribuída pela UNESCO às localidades que promovem o desenvolvimento de indústrias criativas.
Versão para impressão
Em 2015, a cidade de Matosinhos quer candidatar-se ao título de Cidade de Design,  uma distinção atribuída pela UNESCO às localidades que promovem o desenvolvimento de indústrias criativas. 
 
O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, que apresentou, esta quinta-feira, a Quadra-District Design, uma iniciativa que pretende consagrar o concelho nesta área e apresentá-lo como candidato ao título da UNESCO em 2015. 
 
Para o autarca, Matosinhos tem “todas as condições para ser uma Quadra Design District” e, em 2015, uma 'Cidade de Design'. A distinção é atribuída pela UNESCO às cidades que promovem o desenvolvimento de indústrias criativas, uma rede que, atualmente, conta já com 41 membros. 
 
A lista é dividida em sete categorias distintas sendo que, para além do design, são também consagradas a literatura, a música, o cinema, as artes mediáticas, a gastronomia e o artesanato e arte popular. A ser aprovada, a cidade de Matosinhos seria a primeira localidade portuguesa a integrar esta rede. 
 
“Hoje percebemos Matosinhos como cidade criativa, uma cidade dedicada ao design e uma cidade onde há um conjunto de investimento que a qualificam para ser um ponto incontornável no que diz respeito ao design”, refere Guilherme Pinto à Lusa, relembrando que aquela, inclusive, é “a terrra do arquiteto Siza Vieira”. 
 
Nesse sentido, vão ser promovidas uma série de ações como, por exemplo, o Espaço Quadra, “uma incubadora dedicada ao design” a abrir em Maio, um “evento anual de celebração da criatividade da Escola Superior de Artes e Design (ESAD) com arte de rua” e a Casa do Design, onde serão expostas coleções de vários autores e colecionadores. 
 
Até lá, um dos primeiros passos para a implementação da Quadra-Design District passa pela criação da Associação Quadra, sem fins-lucrativos, a ser instalada na Quadra Marítima, por forma a trazer toda uma nova dinâmica àquele local.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close