Ambiente

UNESCO: Galápagos sai da lista de locais em perigo

O Comité do Património Mundial da UNESCO decidiu retirar as ilhas Galápagos da sua lista de locais em perigo, reconhecendo assim os esforços de proteção feitos pelo Equador. O anúncio foi feito na passada quarta-feira, após uma reunião realizada em B
Versão para impressão
O Comité do Património Mundial da UNESCO decidiu retirar as ilhas Galápagos da sua lista de locais em perigo, reconhecendo assim os esforços de proteção feitos pelo Equador. O anúncio foi feito na passada quarta-feira, após uma reunião realizada em Brasília.

“A Unesco analisou com profundidade e tivemos que votar, mas a maioria foi a favor da retirada da ilha equatoriana da sua condição de património ameaçado”, declarou o ministro de Cultura brasileiro, Juca Ferreira, que presidiu à reunião do Comité, citado pela agência EFE.

As 58 ilhas do arquipélago de Galápagos, situadas no Oceano Pacífico, a mil quilômetros do litoral do Equador, foram o primeiro lugar do planeta inscrito na Lista do Património Mundial, em 1978.

Em 2007, o Comité da Unesco decidiu acrescentar o arquipélago equatoriano à Lista dos Patrimónios da Humanidade em Perigo, devido ao “turismo crescente” e outros problemas de caráter ambiental e social.

A reunião da UNESCO, que decorre em Brasília até ao dia 3 de agosto, visa escolher, entre 30 locais a concurso, aqueles que merecem ser distinguidos pelo seu “valor universal excecional”.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close