Cultura

UNESCO aceita candidatura do cante alentejano

A UNESCO aprovou a candidatura do cante alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade, esta semana, em Paris. Nos próximos meses, a organização internacional vai avaliar a proposta que poderá ditar o futuro das vozes típicas do Alentejo.
Versão para impressão
A UNESCO aprovou a candidatura do cante alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade, esta semana, em Paris. Nos próximos meses, a organização internacional vai avaliar a proposta que poderá ditar o futuro das vozes típicas do Alentejo.
 
O antropólogo Paulo Lima, membro da comissão científica da candidatura, contou à agência Lusa que este é “um momento de alegria” que marca a formalização, “não da fase final, mas do passo zero” para a potencial inscrição do cante alentejano na lista representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.
 
Apesar de a decisão da UNESCO ser revelada apenas durante o mês de Dezembro de 2014, o responsável está confiante em relação ao parecer. Paulo Lima acredita que a candidatura será aprovada, tendo em conta que este já é “um património do homem e do mundo”.
 
O responsável defende que o cante alentejano “é uma expressão tão rica, forte, intensa e tão vivida que tem todas as condições, intrínsecas e extrínsecas”, para obter o “selo institucional” da UNESCO.

“São processos demorados, porque são centenas de candidaturas, e a UNESCO vai colocar-nos, nos próximos meses, um conjunto de questões que têm a ver com a continuidade ou não do processo”, explicou o antropólogo à agência Lusa.
 
Paulo Lima defende o envolvimento conjunto de todos os portugueses e de todas as instituições nacionais para que os aspetos processuais “muito intensos” deste género de candidaturas sejam cumpridos com sucesso.

“Temos um processo que tem de ser de diálogo com todos os parceiros, com todos aqueles que têm que ver com este bem imaterial que é o cante”, referiu.

 
A entrega da candidatura para Património Cultural Imaterial da Humanidade estava prevista para Março de 2012, mas o Ministério dos Negócios Estrangeiros decidiu adiar a sua apresentação para este ano, por considerar que o processo ainda não reunia as condições para ser aceita pela UNESCO.
 
Clique AQUI para aceder ao site oficial da candidatura a património do cante alentejano.
 
[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close