Ciência

UMinho: Investigadora portuguesa distinguida nos EUA

NULL
Versão para impressão
Margarida Machado, mestre em Engenharia Biomédica e investigadora da Universidade do Minho, foi distinguida, em Washington, nos Estados Unidos, com o prémio de melhor artigo científico na “8th International Conference on Multibody Systems, Nonlinear Dynamics and Control”, revelou a universidade portuguesa.

A investigação premiada, “A novel continuos contact force model for multibody dynamics” insere-se na categoria “Student Paper Competition”. O trabalho português foi considerado o melhor, de entre quatro candidatos, sendo os restantes provenientes de três instituições norte-americanas.

O trabalho de Margarida Machado apresenta uma nova formulação matemática que permite estudar o contacto entre materiais com elevado grau de amortecimento, nomeadamente os existentes em joelhos e ancas naturais e artificiais.

O estudo português pode, no futuro, contribuir para a realização de tratamentos que atrasem o desgaste da cartilagem e, assim, evitar a necessidade de um implante.

A atribuição dos prémios, patrocinada pela American Society of Mechanical Engineers (ASME), realizou-se entre os dias 28 e 31 de agosto.

Margarida Machado é estudante de doutoramento em Engenharia Biomédica no
CT2M, sob orientação do professor Paulo Flores, do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho.

[Notícia sugerida por Teresa Teixeira e Ana Guerreiro Pereira]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close