iliving&trends

Um peixe-robô monitoriza a qualidade da água da piscicultura

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Politécnica de Madrid em conjunto com a Universidade de Florença desenvolveu um robô que monitoriza a qualidade da água e se move como um peixe real.
Versão para impressão
Esta não é a primeira vez que cientistas anunciam a criação de robôs aquáticos, a diferença é que houve aqui inspiração biomimética.

A biomimética é a inovação inspirada pela natureza. Esta tem quase 4 bilhões de anos de experiência e as soluções mais originais para resolver problemas. Por que não aprender com ela?

A indústria da aquicultura fornece quase metade de todos os peixes e frutos do mar consumidos no planeta. A prática depende muito da qualidade da água sempre limpa e saudável. Os peixes-robô usam sensores para monitorizar os níveis de pH e quando encontram áreas excessivamente ácidas ou poluídas, os padrões de natação do peixe mudam ao mesmo tempo que sinalizam onde é o local ruim.

Com isso o aquicultor pode tomar melhores decisões e agir no problema em estágio inicial. Cada peixe tem 30 cm de comprimento e é feito a partir de uma liga que flexiona exatamente como a espinha dorsal de um animal real. Os robôs não destoam do ambiente, por isso causam menos stress nos peixes. Isso é especialmente útil se o robô for reutilizado em futuros estudos comportamentais de seres aquáticos.

O futuro em que peixes-robô preservam a vida de peixes reais finalmente chegou!

  *Artigo escrito em Português do Brasil

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close