Sociedade

Um ano para retirar amianto de edifícios

O Parlamento aprovou esta semana por unanimidade um diploma que dá um prazo de um ano ao Governo para fazer uma lista de inventário com todos os edifícios e equipamentos que contenham amianto na sua construção para que se proceda à sua remoção.
Versão para impressão
O Parlamento aprovou esta semana por unanimidade um diploma que dá um prazo de um ano ao Governo para fazer uma lista de inventário com todos os edifícios e equipamentos que contenham amianto na sua construção para que se proceda à sua remoção.

O amianto é uma substância perigosa para a saúde pública já que está provado que a sua inalação é extramente prejudicial devido às substâncias cancerígenas do amianto.

Após a publicação do inventário, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) terá três meses para identificar quais os edifícios e equipamentos que serão sujeitos a “monitorização regular” e aqueles que serão alvo de trabalhos de remoção do amianto.

O diploma prevê que depois da listagem da ACT o Governo tem mais 90 dias para fazer o calendário das intervenções ou obras de remoção, que deverão obedecer aos critérios de segurança previstos na lei.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close