Saúde

UE quer eliminar sarampo até 2015

A União Europeia (UE) estabeleceu o ano de 2015 como nova meta para erradicar o sarampo e espera consegui-lo com uma vasta campanha de vacinação sobretudo nos países do leste, onde se registam ainda muitos casos desta doença.
Versão para impressão
A União Europeia (UE) estabeleceu o ano de 2015 como nova meta para erradicar o sarampo e espera consegui-lo com uma vasta campanha de vacinação sobretudo nos países do leste, onde se registam ainda muitos casos desta doença.

Portugal está entre os países com menos casos registados a par dos países nórdicos, com apenas cinco casos detetados este ano, conforme revela esta terça-feira o Centro Europeu de Controlo de Doenças.

Oito países da UE não registaram qualquer caso de sarampo este ano, foram eles a Islândia, Estónia, Letónia, República Checa, Eslováquia, Áustria, Malta e Luxemburgo.

Já a Bulgária e a França foram os países com maior incidência da doença, com 21.853 e 3.347 respetivamente. Seguem-se outros países com número elevados como a Itália, com 641 ou Alemanha, com 657 casos de sarampo.

No entender dos técnicos da União Europeia, a razão pela qual ainda não se conseguiu extinguir o sarampo na Europa deve-se ao facto de muitas crianças não serem vacinadas a tempo e de algumas nem sequer serem imunizadas.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close