Sociedade

UE aprova devolução de compras feitas pela Internet

NULL
Versão para impressão
A União Europeia aprovou esta segunda-feira uma diretiva que dá aos consumidores um prazo de 14 dias para devolverem artigos que tenham comprado à distância, quer tenha sido através da Internet, de catálogo ou de telefone.

A notícia foi avançada pela agência noticiosa EFE, que acrescenta que a proposta foi aceite pelo Parlamento Europeu numa primeira leitura e, posteriormente, aprovada pelo Conselho de Ministros Europeus e do Meio Ambiente, que reuniu no Luxemburgo.

A nova diretiva clarifica a informação que os consumidores devem receber antes de comprar e o direito à devolução do produto dentro dos 14 dias estabelecidos, sem quaisquer encargos adicionais e sem a obrigação de dar justificações ao vendedor, exceto em casos especiais. Para que a devolução possa ser feita, será criado um formulário padrão que deve ser fornecido ao cliente pelos vendedores.

A lei estabelece ainda que quem vende terá de assumir a responsabilidade por qualquer problema sofrido pelo produto durante o transporte, bem como assegurar que o consumidor está devidamente informado sobre o preço do envio.

No caso de compras através de linha telefónica ficou também decidido que o consumidor não terá de pagar mais do que a tarifa básica no ato da encomenda.

A legislação aprovada vai entrar em vigor depois da publicação no Diário da União Europeia, tendo os Estados-membros um prazo de dois anos para integrá-la no direito nacional.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close