Em Destaque Sociedade

UC atribui Honoris Causa ao Presidente da Comissão Europeia

A visita a Coimbra termina com um debate no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV).
Versão para impressão
por redação

O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, vai ser distinguido com o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra. A cerimónia realiza-se na próxima terça-feira, dia 31 de outubro, na Sala dos Atos Grandes (Sala dos Capelos), pelas 11 horas.

“A Universidade de Coimbra é uma universidade global, que trabalha pelo entendimento entre todos os povos da Terra, na sua diversidade. Distinguir o Presidente da Comissão Europeia permite reafirmar o nosso apoio à União Europeia, como espaço de cooperação que trouxe à Europa um período de paz e prosperidade sem precedentes na história, que é essencial que continue, apesar de um preocupante renascimento de nacionalismos populistas que importa combater”, afirma o Reitor da UC, João Gabriel Silva.

Jean-Claude Juncker terá como “Apresentante” o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, estando os elogios a cargo de Fernando Alves Correia (elogio do candidato) e Jorge Coutinho de Abreu (elogio do apresentante), ambos professores catedráticos da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC), a Faculdade que propôs a atribuição do grau.

O Primeiro-Ministro, António Costa, bem como o Comissário Europeu Carlos Moedas, entre muitas outras individualidades de relevo, estarão presentes na cerimónia.

Jean-Claude Juncker “possui uma carreira política relevante, tendo desempenhado, desde cedo, as mais elevadas funções na vida política do Grão-Ducado do Luxemburgo, país de onde é originário”, nota a FDUC.

Segundo a Faculdade, a atividade política de Jean-Claude Juncker «tem-se destacado pela importância dedicada à Europa», salientando que, “enquanto Primeiro-Ministro do Luxemburgo, e em consequência da longevidade dos seus gabinetes, assumiu, por duas vezes, a presidência do Conselho das Comunidades Europeias (em 1997 e em 2005). Por outro lado, enquanto presidente em exercício do Conselho de Assuntos Económicos e Financeiros, Juncker revelou-se como um dos obreiros do Tratado de Maastricht, que teve o privilégio de assinar em 1992”.

Após a cerimónia de Doutoramento Honoris Causa, Jean-Claude Juncker visita, pelas 15 horas, a Associação Académica de Coimbra (AAC), onde vai descerrar uma placa comemorativa dos 130 anos da AAC e encontrar-se com o Presidente do Organismo Autónomo de Futebol (OAF).

A visita a Coimbra termina com um debate no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV). O Presidente da Comissão Europeia e o Primeiro- Ministro de Portugal vão abordar o tema “Futuro da Europa – que Europa queremos?”.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close