i9magazine

uberAIR

Versão para impressão

O Uber Elevate anunciou os cinco países finalistas pré-selecionados para receberem a primeira cidade internacional do uberAIR nos próximos cinco anos. Para além disto, o Uber Elevate revelou também planos para testar entregas através de drones para o Uber Eats e demonstrou como as potenciais rotas uberAIR nas cidades da região Ásia-Pacífico poderiam beneficiar, e complementar, os atuais sistemas de transporte locais.

O Diretor-Geral do Uber Elevate, Eric Allison, revelou que “Estamos muito orgulhosos do sucesso do primeiro Uber Elevate Asia Pacific Expo, que pretende mostrar as muitas vantagens que o uberAIR pode trazer para a região e para o mundo no futuro. Estamos a analisar o primeiro mercado internacional onde poderemos lançar o serviço, que permitirá aos utilizadores ter voos à distância de um toque num botão”

Eric Allison assinala ainda que “neste momento temos uma lista de cinco países pré-selecionados, onde o uberAIR pode vir a transformar por completo o transporte e levar a nossa tecnologia a um novo patamar. Queremos agradecer a todos os que visitaram a exposição, e que puderam ver em primeira mão o Uber Eats a fazer entregas com drones, possíveis rotas futuras onde o uberAIR vai transportar pessoas entre cidades da região Ásia-Pacífico, entre outras inovações que a Uber está a desenvolver para criar um futuro verdadeiramente multimodal em termos de transporte.”

Lista de cidades internacionais pré-selecionadas para receber o uberAIR

O programa Uber Elevate está a desenvolver o transporte aéreo urbano partilhado, em todo o mundo. Dentro de aproximadamente cinco anos, os utilizadores da Uber nas cidades piloto vão conseguir requisitar um voo com um simples toque no ecrã. Para isto ser possível, a Uber desenvolveu uma rede de parcerias, onde se incluem fabricantes de automóveis, promotores imobiliários, developers no ramo da tecnologia, entre outros. Dallas e Los Angeles foram previamente anunciadas como as duas primeiras cidades piloto nos Estados Unidos, e durante a segunda edição do Uber Elevate Summit em maio, a Uber anunciou que estava a tentar encontrar uma cidade internacional, como terceiro parceiro.

Depois de avaliar diversos países em todo o mundo, a Uber anunciou no Uber Elevate Asia Pacific Expo que os seguinte cinco países foram pré-selecionados:

  • Japão – País que possui um dos sistemas de transporte público mais invejáveis em todo o mundo e líder na indústria automóvel e da tecnologia. Temos o prazer de convidar cidades como Tóquio e Osaka, a explorar o futuro do transporte juntamente connosco.
  • Índia – Mumbai, Delhi e Bangalore são algumas das cidades mais congestionadas do mundo, onde percorrer alguns quilómetros pode demorar mais de uma hora. O uberAIR tem um enorme potencial no sentido de criar uma opção de transporte viável, que possa ajudar a resolver os problemas de trânsito, em vez de contribuir para o agravamento da situação de congestionamento, por si só já caótica.
  • Austrália – O Uber Elevate teve já conversas bastante positivas com reguladores locais e com a Autoridade de Segurança da Aviação Civil Australiana  durante a nossa mais recente visita a Sydney e Melbourne. A Austrália tem dado passos significativos no sentido de desenvolver o futuro da aviação urbana.
  • Brasil – Rio de Janeiro e São Paulo, sede do parceiro Embraer, são importantes mercados de ridesharing a nível mundial global, ao mesmo tempo que são também um dos mercados de helicópteros mais ativos, indicando uma clara procura por viagens aéreas urbanas.
  • França – Continuar as conversações com os reguladores locais numa região com uma forte história no setor da aviação.

A equipa do Uber Elevate está agora a tentar chegar junto dos principais stakeholders nas principais cidades destes cinco países, e anunciará a primeira cidade uberAIR internacional nos próximos seis meses.

O Uber Elevate estabeleceu uma estrutura de critérios de seleção da terceira cidade, composta em torno de três princípios prioritários:

  1. Tamanho do mercado – Procura de mercados grandes e policêntricos, que demonstrem uma necessidade premente por soluções de transporte inovadoras, que tenham uma população metropolitana superior a um milhão de pessoas.
  2. Compromisso com as comunidades locais – Trabalhar com entidades nacionais, regionais e locais desde o primeiro dia, juntamente com membros da comunidade com quem colaborar – promotores imobiliários, comissões de ordenamento do território, câmaras municipais e bairros. Procurar mercados que estejam verdadeiramente comprometidos em trazer o uberAIR para os seus países, de modo a que se possa colaborar nos próximos anos.
  3. Condições favoráveis – A uberAIR conta com operações multimodais e eficientes que são perfeitamente integradas numa robusta rede terrestre Uber.

O conteúdo uberAIR aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close