Turismo

Turismo: Lonely Planet destaca três destinos portugueses

Os Açores e o Porto acabam de ser considerados pela Lonely Planet dois dos 10 melhores destinos da Europa para 2015. A maior editora de guias de viagens do mundo colocou, também, as praias de Peniche no 'top' europeu de estâncias balneares.
Versão para impressão
Os Açores e o Porto acabam de ser considerados pela Lonely Planet dois dos 10 melhores destinos da Europa para 2015. A maior editora de guias de viagens do mundo colocou, também, as praias de Peniche no 'top' europeu de estâncias balneares para este ano.
 
As duas listas foram reveladas esta semana no site oficial da Lonely Planet que, uma vez mais, voltou a escolher os melhores exemplos da “miscelânia mágica de pessoas e lugares” que carateriza o Velho Continente com a ajuda da sua equipa de editores, espalhada por toda a Europa.
 
 O arquipélago dos Açores é o primeiro representante nacional nos 'tops' da Lonely Planet, tendo assegurado o 3.º lugar do pódio entre os melhores destinos da Europa, pódio esse que partilha com Akureyri, na Islândia (1.º) e Leipzig, na Alemanha (2.º).
 
Considerado “um dos segredos mais bem guardados da Europa”, este “espetacular conjunto de nove ilhas” portuguesas destaca-se por ter como rainha a Natureza. A editora de viagens elogia “as paisagens cor de esmeralda, a abundante vinha marinha e as aventuras amigas do ambiente” que levaram a que os Açores fossem mesmo eleitos como o destino mais sustentável do mundo em 2014.
 
“Suba ao cume da Montanha do Pico, a mais alta de Portugal, observe as baleias nas águas próximas de São Miguel ou caminhe e pedale até São Jorge, um recreio para adultos do tamanho de uma ilha”, sugere a Lonely Planet. 
 
A fechar a lista dos melhores destinos da Europa – que Portugal lidera, já que é o único país com dois locais em destaque – está a cidade do Porto, que ocupa a 10.ª posição. A “irmã nortenha” da capital portuguesa é “luminosa, cheia de alma e adora festas”, apresentando-se como “um dos mais económicos destinos da Europa” e uma metrópole que está a encontrar a sua criatividade. 
 
“Os prazeres do Porto vão além da experiência das caves dos vinhos e da Ribeira, Património Mundial da UNESCO onde as casas cor de guloseima se debruçam sobre as margens do Douro”, assegura a editora de guias viagens.
 
Entre os atrativos da Invicta estão também, por exemplo, “a arte de rua injetada em edifícios medievais” e a animação da Rua Miguel Bombarda, com os seus “cafés, 'boutiques' e galerias de arte”, ou do tradicional Mercado do Bolhão. 
 
Mas o destaque dado ao turismo português não se fica por aqui: Portugal está, também, representado por Peniche no 'top 10' das melhores praias europeias. A cidade aparece em 2.º lugar na lista, imediatamente a seguir à praia de Jaz, em Montenegro e à frente da praia de Rondinara, na Córsega (França).
 
“O porto de Peniche e a praia com o mesmo nome são célebres entre os 'surfistas' e, este ano, recebem uma das duas etapas da World Surfing League”, conta a Lonely Planet, garantindo, porém, que, mesmo “para quem não levar uma prancha”, vale a pena fazer-lhes uma visita. 
 
Segundo a editora de guias de viagens, “os amantes da História vão adorar a parte velha do centro de Peniche, que inclui um forte transformado em museu, construído nos séculos XVI e XVII e usado, no século XV, para manter detidos os presos políticos, e várias igrejas históricas”. 

Aos que preferirem o contacto com a Natureza, a Lonely Planet recomenda um passeio de barco pelas águas límpidas das Berlengas.  

Notícia sugerida por Maria da Luz e Maria Pandina 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close