Em Destaque Mundo

Turismo ajuda Moçambique a crescer

Ao longo dos anos o aumento é significativo com uma “média de 7 a 10%”
Versão para impressão
por redação

Em comunicado à agência Lusa, Bartolomeu Soto, diretor-geral da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), revelou que o turismo tem feito com que a receita da instituição moçambicana tenha aumentado significativamente. “Em termos de receitas, estamos a crescer todos os anos, numa média de 7 a 10%. O mais importante é que as perspetivas são ainda melhores”.

O dirigente acrescenta que, apesar do crescimento, o caminho ainda é longo e defende a necessidade de envolvimento de todos os atores da sociedade que ajudam no combate à caça furtiva que é o principal desafio da instituição.

O diretor-geral espera “que o setor privado entre e traga investimentos, crie emprego e também participe na conservação”.

O norte de Moçambique é dos mais afetados pela ação de caçadores furtivos com a pobreza das populações e o crescimento do mercado internacional de venda de Marfim leva a que a matança dos animais como o elefante seja das principais causas de matança.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close