Mundo

Tornado: Sobrevivente encontra cão durante entrevista

Uma idosa que sobreviveu ao violento tornado que, na segunda-feira, assolou os arredores de Oklahoma City, nos EUA, reencontrou a sua cadela com vida entre os escombros durante uma entrevista em direto para uma televisão local.
Versão para impressão
É mais uma história de esperança a emergir dos destroços de uma catástrofe. Uma idosa que sobreviveu ao violento tornado que, na segunda-feira, assolou os arredores de Oklahoma City, nos EUA, reencontrou a sua cadela com vida entre os escombros durante uma entrevista em direto para uma televisão local afiliada da CBS News. 
 
O vídeo do reencontro espalhou-se rapidamente pelas redes sociais e tem emocionado os utilizadores. Barbara Garcia falava com a jornalista Anna Werner daquela cadeia televisiva e contava que, no momento do tornado, se fechou com a cadela na casa-de-banho na esperança de se resguardar. 
 
Depois, recordava, tudo aconteceu muito rapidamente e, quando deu por si, a vizinhança que conhecia estava destruída, mas havia uma boa notícia: estava viva. “Nunca perdi a consciência, chamei pela minha cadela, mas ela não respondeu, não veio. Por isso, sei que ela está algures por aqui”, confessava a idosa, visivelmente emocionada.
 
Decorridos apenas segundos desde estas palavras, outra das jornalistas da CBS, que acompanhava Anne Werner, apercebeu-se de que havia movimento sob os escombros – movimento causado, como reconheceu imediatamente, por um cão que se encontrava preso. Para comoção de todos, tratava-se da pequena companheira de Barbara Garcia.


Veja o vídeo do momento em que Barbara reencontrou o animal debaixo dos escombros, divulgado pela CBS
 

A mulher apressou-se a retirar, com as próprias mãos, os destroços que prendiam o animal, pedindo ajuda aos elementos da equipa televisiva, que acabaram por ajudar. A cadela foi resgatada pouco depois, aparentando estar de boa saúde e não apresentando sinais de lesões. 
 
“Pensei que Deus tinha respondido somente a uma das minhas preces, a de deixar-me ficar bem, mas afinal respondeu às duas, porque esta [reencontrar a cadela] era a segunda”, confessou Barbara, enquanto fazia festas no pêlo do animal.
 
O tornado que passou pela cidade de Moore, no estado de Oklahoma, com ventos de cerca de 300km/h, matou 24 pessoas, entre as quais nove crianças, e feriu mais de 200. Os primeiros balanços apontavam para 91 vítimas mortais, mas o número foi revisto em baixa, embora as equipas de salvamento admitam que possa voltar a aumentar.

Notícia sugerida por Carla Neves, Maria Manuela Mendes e Elsa Martins

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close