i9magazine

The Journey já escolheu as start-ups que passam à fase de piloto

Versão para impressão

 

O Turismo de Portugal, tendo como parceiros o Grupo Barraqueiro, Geostar, Pestana Hotel Group, SATA Azores Airlines e NOS, reafirma a sua relação com a inovação, com a segunda edição do ‘The Journey’, um  programa de inovação aberta dedicado à indústria do Turismo. No fim de uma semana onde 20 start-ups oriundas dos Estados Unidos, Singapura, Colômbia, Brasil, e de vários pontos da Europa, se reuniram em Lisboa para debater e ajudar a injetar inovação no turismo nacional, foram selecionadas 14 finalistas.

As 14 escolhidas são aPieceof.me, City Check, Convious, Destygo, GoWi-Fi, Hopstay, Omikuji, Personal2Travel, Social CxN, Timescenery, Venture With Impact, Wall-i, WeTravel e Waylo, que vão gerir produtos-piloto, em estreita ligação com os parceiros do programa.

No decurso desta semana, a Beta-i ajudou a dotar os candidatos das ferramentas necessárias para que estes preparassem um business caseadaptado às necessidades dos parceiros e um plano de ação que maximize a probabilidade de sucesso do piloto. Como exemplo, a Wall-i irá recorrer a tecnologia de visão computacional e Internet of Things para gerar e apresentar em ecrãs e tablets conteúdos adaptados ao género, idade e humor dos clientes dos parceiros.

Esta segunda edição do programa foi desenhada de forma a selecionar, a uma escala global, as startups que estejam em melhor posição para colmatar desafios de inovação no sector. Para alcançar este objetivo, o âmbito de seleção não foi dedicado apenas a empreendedores que atuem exclusivamente no sector do Turismo, abrindo assim o leque a ferramentas que estejam atualmente a ser utilizadas noutras indústrias, mas que possam ser relevantes neste contexto e para este sector.

Note-se que esta segunda edição do programa está centrada em áreas de atuação como a gamificação, o aumento de conversão via canal direto, o uso de Big Data e dados analíticos, a gestão de acessos a propriedades remotamente, a robótica para o sector hoteleiro, as plataformas de gestão de influenciadores digitais, a transmissão multimédia imediata, as plataformas de pagamentos que evitam intermediários, ou a interação multi-plataforma com o cliente, por exemplo.

“A ideia deste projeto, que volta a contar com a organização da Beta-i, é cimentar o posicionamento de Portugal enquanto plataforma de empreendedorismo e experimentação para startups”, defende Luís Araújo, Presidente do Turismo de Portugal.

“Neste momento, em que a era digital se consolida e estimula a forma de olhar para a sustentabilidade do sector, o Turismo de Portugal continua focado em criar um ambiente propício à inovação através de diversas iniciativas de apoio ao empreendedorismo, criando as condições ideais para que startups se desenvolvam e afirmem como motor do desenvolvimento do Turismo e, em consequência, da economia nacional”, continua aquele responsável.

Seguem-se dois meses de aceleração/pilotagem, com início hoje, onde os parceiros de aceleração terão a possibilidade de desenvolver produtos-piloto com as start-ups selecionadas. Os resultados dos mesmos serão apresentados no Lisbon Tourism Summit, agendado para o próximo dia 20 de novembro.

O conteúdo The Journey já escolheu as start-ups que passam à fase de piloto aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close