Sociedade

The Guardian elogia jornal português

A partir de amanhã, as bancas britânicas contam com uma nova publicação. Trata-se do diário "i", lançado pelo jornal The Independent, cujo público-alvo são os jovens na casa dos 20 anos. O Guardian dedicou, por isso, um artigo ao homónimo português,
Versão para impressão
A partir de amanhã, as bancas britânicas contam com uma nova publicação. Trata-se do diário “i”, lançado pelo jornal The Independent, cujo público-alvo são os jovens na casa dos 20 anos. O Guardian dedicou, por isso, um artigo ao homónimo português, que assenta no mesmo modelo, elogiando a sua estratégia editorial.

“Que lições pode o Independent aprender com o diário português ´i´?” é o título da peça assinada pelo jornalista Giles Tremlett no Guardian. De facto, o novo diário britânico dirige-se a um público que coincide com o target da publicação portuguesa – jovens trabalhadores urbanos que privilegiam a Internet como fonte de informação.

A dimensão do jornal pertencente ao Grupo Lena – que, apesar de ter sido lançado há pouco mais de um ano já tem um lugar “entre a imprensa mais influente” – é a primeira das vantagens enunciadas; sendo pouco maior que uma revista, o “i” adapta-se a um tipo de leitor jovem, sempre em movimento.

O jornalista do Guardian destaca também a organização das notícias em secções pouco convencionais, “reconhecendo que os acontecimentos do dia anterior já serão familiares para a maioria dos leitores” e destacando os artigos de fundo e de opinião.

O design da responsabilidade Nick Mrozowski, também ele um jovem de 26 anos, é outro dos destaques. As cores fortes, a profusão de ilustrações de qualidade e de infografias distinguem o diário português dos seus concorrentes mais diretos, como o Público e o Diário de Notícias.

Apesar de notar a quebra nas vendas de jornais em Portugal, o artigo do Guardian sublinha que a estratégia adotada pelo “i” fez com que um público habitualmente desligado da imprensa escrita passasse a comprar jornais. Mrozowski, citado pelo Guardian, dá mesmo o seu conselho ao diretor da nova publicação do Independent: “A única maneira de evoluir é apostar em estratégias que outras publicações não assumiriam e tentar produzir mais do que um simples jornal, todos os dias”.

Leia o artigo na íntegra aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close