Ciência

Teste português prevê risco de diabetes e obesidade

Já é possível conhecer os riscos de desenvolver diabetes e obesidade através de uma simples análise ao sangue ou à saliva. Este teste genético inovador foi desenvolvido pelo laboratório português CGC Genetics e é único no mundo.
Versão para impressão
Já é possível conhecer a predisposição genética de cada pessoa para sofrer de diabetes ou obesidade através de uma simples análise ao sangue ou à saliva. Este teste genético inovador, desenvolvido pelo laboratório português CGC Genetics, é único no mundo e tem vindo a despertar interesse a nível internacional.

por Márcia Moço

O teste realiza-se apenas uma vez na vida, já que se trata de um diagnóstico molecular que tem por base as informações genéticas contidas no ADN de cada pessoa, que ajudam a indicar as probabilidades de desenvolvimento das doenças, mesmo “antes de existirem órgãos afetados”.

Purificação Tavares, a presidente do conselho de administração do laboratório, explicou aos Boas Notícias que esta análise tem um alto nível de segurança nos seus resultados, visto que “os marcadores do ADN estão connosco desde que nascemos”.

O diagnóstico reúne um total de 76 marcadores para diabetes e obesidade que classificam o risco de desenvolvimento das doenças como baixo, médio ou elevado.

A especialista em genética médica explicou ainda que a predisposição genética para estas doenças representa um risco de 40 por cento de vir a sofrer destas patologias, sendo que os outros fatores, por exemplo comportamentais ou psicológicos, influenciam a restante percentagem. 

As pessoas com um alto nível de risco devem ser seguidas por um médico que as vai ajudar a ter um comportamento preventivo. O próprio teste permite também saber qual a terapia mais adequada e eficaz, em função do perfil genético da pessoa.

Teste ajuda a detetar precocemente e a  prevenir

“A obesidade e a diabetes são duas doenças que se encontram relacionadas”, explica Purificação Tavares. As pessoas com obesidade têm um alto risco de também desenvolver diabetes e, por isso, é necessário fazer com que comecem “a adotar um estilo de vida mais saudável” o mais cedo possível.

A especialista salienta que um em cada três portugueses tem o risco de desenvolver diabetes, uma doença que exige uma “rápida deteção e prevenção”. “Em Portugal existe um milhão de diabéticos e dois milhões de pré-diabéticos”, sublinha.
 

Image and video hosting by TinyPic
© CGC Genetics – Os testes já estão disponíveis e podem ser feitos nos centros do GCG Genetics, em Lisboa e Porto, ou em hospitais associados

O teste foi desenvolvido nos laboratório do CGC Genetics, com o apoio do QREN, tendo sido depois validado em 1.500 pessoas, com a coordenação do médico Duarte Pignatelli, no Hospital de São João, no Porto.

Teste tem um custo de 140 euros

“Qualquer pessoa pode realizar o teste, sendo mais aconselhado para pessoas que tenham familiares com historial de uma das doenças”, explica Purificação Tavares.

O diagnóstico tem um custo de 140 euros e pode ser feito nos centros de genética clínica da CGC Genetics, de Lisboa e do Porto, em hospitais associados ou nas Walk'in Clinics dos hipermercados Pingo Doce.

A Dinamarca, Itália, Suíça e Turquia já manifestaram interesse em adquirir o teste genético, sendo também de esperar que a invenção do laboratório português chegue em breve ao mercado espanhol e norte-americano.

Notícia sugerida por Maria da Luz e Vítor Fernandes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close